Alunos de Barbalha preparam foguetes para Olimpíada Nacional

13 de abril de 2010

Estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva, em Barbalha, no Cariri, desenvolvem nos Laboratórios de Biologia, Física e Química, experiências científicas que contribuem diretamente para o aprendizado e novas descobertas. Assim, eles fizeram os foguetes de material reciclável, utilizando madeira, papelão e cano PVC. Para o combustível, os alunos usaram água gaseificada, vinagre, bicarbonato de sódio e suco de limão.

 

A experiência não necessita de explosivo, tóxico ou qualquer material que produza faísca. O foguete é lançado pela força da reação de um ácido com sal, mistura produtora de um gás que gera pressão. Depois, é só começar a contagem regressiva para o lançamento.

 

A iniciativa chama a atenção para a utilização de materiais que antes eram destinados ao lixo, e que agora são transformados em foguetes. O objetivo é preparar os alunos para a 4ª Olimpíada Nacional de Foguetes, no Rio de Janeiro, prevista para esse semestre, onde participarão cerca de 30 mil jovens estudantes brasileiros.

 

13.12.2010

Assessoria de Imprensa de Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3972)