Eixão das Águas: Trecho IV será concluído até o fim do ano

15 de abril de 2010

O governador Cid Gomes, acompanhado do ministro da Integração Nacional, João Santana, e do secretário dos Recursos Hídricos, César Pinheiro,  visitou nesta quinta-feira (15) as obras do túnel de 1.300 metros de extensão que está sendo escavado na trecho IV do Eixão das Águas.  Com a obra, que permite regular a vazão de água,  será ampliada a interligação dos açudes Pacajus – Riachão-Pacoti e Gavião que faz a Estação de Tratamento de Água (ETA) Fortaleza. No trecho IV, os investimentos chegam a R$ 140 milhões. A previsão é de que todos os serviços sejam executados até dezembro deste ano.  São 33,9 quilômetros. O trecho V, que ligará o açude Gavião, em Fortaleza, até o Complexo Industrial e Portuário do Pecém,  já está em obras e terá 55,1 quilômetros.  Os investimentos são de R$ 320 milhões e dará garantia hídrica aos empreendimentos que se instalarem no Complexo.

 

 
Durante a visita, Cid Gomes assegurou que todas as comunidades que vivem próximas ao Eixão terão abastecimento de água garantido e acrescentou que o Eixão dará segurança hídrica para Fortaleza e Região Metropolitana por 30 anos.  O Governador também destacou a agilidade nos repasses de recursos por parte do Governo Federal e comemorou a liberação de R$ 300 milhões para a construção da barragem Fronteiras, no município de Crateús, para conter as cheias do rio Poti. Na ocasião, o Ministro anunciou a alocação de R$ 1,3 bilhão, no ministério, já alocados no PAC 2, para investimentos no Ceará.

 

Nos trechos II, III, IV e V do Eixão, os investimentos feitos nesses últimos quatro anos, chegam a R$ 700 milhões.  O trecho I está localizado entre o Castanhão e o Açude Curral Velho, município de Morada Nova. O Trecho II situa-se entre o Açude Curral Velho e Serra do Félix, medindo 46,2 km e investimentos de R$ 264,1 milhões. O Trecho III, entre Serra do Félix e Açude Pacajus, na cidade do mesmo nome, mede 66,3 km e estão concluídos investimentos em torno de R$ 393,4 milhões.  Os trechos II e III foram inaugurados em março de 2009.

 

O governador também citou outro projeto que será iniciado ainda na sua gestão, para garantir oferta hídrica a população cearense,  o Cinturão das Águas.  O cinturão será formado por um canal principal que margeará a Chapada do Cariri, aproximadamente no sentido leste-oeste, para depois, com diretriz sul-norte, atravessar as bacias do Alto Jaguaribe e Poti-Parnaíba, atingindo a bacia do Acaraú, totalizando cerca de 545 quilômetros.

 

Do trecho IV do Eixão, a comitiva sobrevoou áreas que contam com projetos de irrigações para a produção de frutas em Tabuleiro de Russas, e, em seguida, vistoriaram as obras da Barragem Figueiredo, no município de Alto Santo. Nesta sexta-feira (16) visitará a barragem Taquara na Região Norte.

Barragem Figueiredo

A obra, executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), conta com o investimento de R$ 130 milhões do Ministério da Integração Nacional. As águas da Barragem Figueiredo beneficiarão além de Alto Santo, as cidades de Iracema, Potiretama, Pereiro e Ererê. A capacidade da barragem será de 520 milhões de metros cúbicos de água e permitirá o desenvolvimento da piscicultura e irrigação na região. Segundo técnicos, cerca de 30 mil empregos diretos e indiretos serão gerados pela pesca e pelo cultivo de frutas nas proximidades. 

 

 

15.04.2010

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 3101. 6247)