Seminário discute implantação de Políticas para a Criança e o Adolescente

16 de abril de 2010

O Comitê Estadual do Pacto Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semiárido, em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e o Unicef, reafirma o compromisso com crianças e adolescentes do Ceará (capital e interior) e realiza o Seminário de Implantação do Sistema Municipal de Políticas para a Criança e o Adolescente. Participam do evento, 200 coordenadores municipais de políticas públicas para jovens do Semiárido, dos 184 municípios cearenses. O seminário acontecerá na próxima segunda-feira, 19, das  8 horas às 14 horas, no Auditório da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).

 

O objetivo da capacitação é orientar os gestores municipais para a articulação, elaboração e execução, junto aos diversos segmentos, do Plano de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes, efetivando uma interlocução entre as diversas ações municipais. Serão discutidos durante o seminário, o cumprimento das metas do milênio tais como erradicação da pobreza e da fome, redução da mortalidade infantil, melhoria da saúde materna e garantia de sustentabilidade ambiental; além de palestras sobre sistema municipal da infância e adolescência, intersetorialidade e políticas públicas.

 

COMITÊ ESTADUAL

 

O Comitê Estadual do Pacto é formado por 30 instituições sendo 15 governamentais e 15 não governamentais, além do Núcleo de Apoiadores, formado por universidades e outras instituições ligadas ao tema da infância. O comitê articula com o Estado e os municípios o desenvolvimento de políticas intersetoriais voltadas para a criança e o adolescente.

 

SOBRE O PACTO NACIONAL

 

O Pacto Nacional Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semiárido é uma iniciativa de cidadania e compromisso de todo o País com o desenvolvimento da região. Foi assinado em 2005 e representa a união de forças entre os Governos Federal, do Ceará e dos demais estados do Nordeste, além de Minas Gerais e do Espírito Santo.

 

O Pacto foi motivado pelo potencial de crescimento da região e pela força criativa do povo que vive no Semiárido, sempre propondo e encontrando soluções para melhor conviver com as dificuldades. O Unicef escolheu o Semiárido como uma de suas prioridades no Brasil, também por conta dos indicadores sociais nas áreas de infância e adolescência observados nos quase 1.500 municípios da região.

Data: 19 de abril (segunda-feira)

Local: Auditório da Procuradoria Geral de Justiça – Rua Assunção, 1.100, José Bonifácio

Hora: 8 horas às 14 horas

 

 

Assessoria de imprensa da STDS

Carlos Eugênio (imprensa@stds.ce.gov.br 3101.2099 / 2089)