Ceará se prepara para erradicar a Mosca Negra Citrus

27 de abril de 2010

Fiscais e técnicos agropecuários da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri) estão se preparando para implementar as ações de erradicação da Mosca Negra Citrus no Ceará. A Agência detectou, neste mês de abril, dois focos da praga nos municípios de Paraipaba e Caucaia. De acordo com o superintendente da Adagri, Tito Carneiro, a mosca pode se hospedar em até 300 espécies de plantas, atacando a folha e impedindo que ela realize a fotossíntese, causando grandes prejuízos na produção. “A praga ataca principalmente as plantações de frutas cítricas, bem como a manga, o abacate, o sapoti e plantas e flores ornamentais”, informou.

 

Para evitar um surto no Estado e estabelecer o controle da mosca, a Adagri já realizou o mapeamento das áreas atingidas (através de georeferenciamento e registro fotográfico), orientou os proprietários, interditou os estabelecimentos e destruiu, através de incineração, todas as mudas suspeitas. Além disso, a Adagri promoverá a intensificação da fiscalização de trânsito vegetal nas fronteiras do Ceará. Só podem ser transportados carregamentos que apresentarem o documento de certificação fitossanitária de origem. “A situação já está sob controle, o nosso trabalho agora está focado na precaução”, esclareceu Carneiro.

 

De acordo com ele, dentre as principais formas de combate à praga, estão pulverização das mudas e o controle biológico. Na próxima quinta-feira (29), os fiscais participantes da capacitação irão ao Eusébio, onde será realizado o Quintal de Inspeção de Viveiros

27.04.2010.

Assessoria de Imprensa da SDA

Jully Gomes (jullyjeanne@hotmail.com / 85 3101.7631)