Refinaria: Governo, Funai e comunidades dialogam sobre terreno

16 de junho de 2010

O governador Cid Gomes se reuniu nesta quarta-feira (16), em Caucaia, com lideranças da comunidade que se reconhece como Anacé e com representantes da  Fundação Nacional do Índio (Funai) no Ceará, para dar prosseguimento aos entendimentos sobre as terras no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp)  que serão utilizadas para a construção da Refinaria Premium da Petrobras. O Governo apresentou uma proposta que será avaliada em assembleia pela comunidade local nos próximos dias e já está marcada uma nova reunião para o próximo dia 2 de julho. Participaram do encontro também os prefeitos de Caucaia, Washington Góis, e de São Gonçalo do Amarante, Walter Júnior.

 

“Há um movimento que reivindica a demarcação de áreas indígenas, sendo que parte delas estão dentro das terras necessárias para a construção da Refinaria. Para resolver este impasse, temos conversado com a Funai e com as lideranças locais, ponderando que essas terras não sejam objeto de disputa. A nossa proposta é que deixemos o terreno da refinaria livre para sua construção e que, para as outras áreas pleiteadas pelos índios, possamos realocar empreendimentos para deixar livres para eles”, afirmou o Governador.

 

De acordo com o desejo das lideranças indígenas, a proposta será levada para toda a comunidade em uma assembleia nos próximos dias e uma nova reunião já foi marcada para o próximo dia 2 de julho para dar prosseguimento às conversas. “Estamos muito otimistas que o acordo saia. A Refinaria é um empreendimento importante para o Ceará, que vai gerar muitos empregos e muitos recursos para o nosso desenvolvimento. Além disso, as comunidades locais ganharão com investimentos em infraestrutura, escolas e saneamento”, ressaltou o Cid Gomes.

 

Os entendimentos entre Governo do Estado, Funai e lideranças indígenas, começaram na última segunda-feira (14), quando o governador Cid Gomes esteve em Brasília e se reuniu com a coordenadora da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão da Procuradoria Geral da República, Deborah Duprat; com o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, e com representantes de povos que se reconhecem como índios Anacé.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br/ 3101.6247)