Incubação de empresas acelera o desenvolvimento industrial e econômico do Ceará

17 de junho de 2010

Existe um prognóstico de que, nos próximos dez anos, mais da metade dos produtos e processos que estarão no mercado ainda não serão inventados e que suas raízes se encontram nos laboratórios das instituições de ensino e pesquisa ou em projetos e mentes de inventores independentes.

 

Neste contexto, as incubadoras podem dar suporte físico, tecnológico e gerencial às empresas nascentes, bem como viabilizar: novas patentes; acesso a consultores especializados; infraestrutura compartilhada, equipamentos e facilidades; capacitação continuada para os técnicos das empresas; identificação de oportunidades de parceria entre empresas e destas com as instituições de ensino e pesquisa, mercado de trabalho, no qual estejam configurados vizinhos comprometidos com a inovação, promovendo, finalmente, a sinergia intra e extramuros.

 

Essa estratégia de desenvolvimento através da incubação de empresas vem possibilitando crescimento para o Estado do Ceará, de maneira competitiva e contextualizada na globalização, na perspectiva de viabilização de ideias e pesquisas para o incremento de produtos intensivos em conhecimento e tecnologia, visando a melhoria da qualidade de vida para a população.

 

Parque Tecnológico do Nutec

 

Comprometida na viabilização de soluções tecnológicas para o desenvolvimento industrial sustentável, em benefício da sociedade, a Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará – Nutec agrega aos seu escopo de serviços o Parque Tecnológico, Incubadora de Empresas – Nutec Partec.

 

O Parque Tecnológico – Nutec Partec se configura como uma incubadora de empresas de base tecnológica e de setores tradicionais que objetiva a incubação de empreendimentos, residente e à distância, nas áreas de atuação do Nutec, contribuindo para a sua inserção nos mercados de produtos de alto valor agregado e para que tenham sucesso duradouro e sustentabilidade.

 

Processo de Incubação

 

Segundo estimativas do Sebrae nacional, a taxa de mortalidade de empresas que passam por um processo de incubação fica reduzida a níveis de 20%. O processo de incubação é importante porque faz o futuro empresário saber qual é o negócio dele e o que ele tem que fazer para amadurecê-lo. De forma simples, a incubadora pode ser comparada ao equipamento de mesmo nome utilizado em maternidades para proporcionar condições favoráveis ao desenvolvimento de um bebê recém-nascido, no caso do Parque Tecnológico, o suporte é dado as empresas.

 

“As empresas incubadas no Nutec Partec tem a vantagem de suporte de espaço físico para uso individualizado ou compartilhado, acesso aos 19 laboratórios do Nutec, apoio para conseguir recursos e investimentos, e oferta de treinamento, assessoria e consultoria personalizada conforme a necessidade do empreendedor, seja na área de gestão ou técnica”, explica a Coordenada do Parque Tecnológico, Mariana Mota.

 

Acesso a Incubação

 

O empreendedor que queira incubar sua empresa, produto ou processo no Parque Tecnológico precisa primeiro passar por um processo de avaliação. No primeiro contato com a incubadora, ele é orientado a desenvolver o Plano de Negócios durante a pré-incubação. “O Plano de Negócio explica se o empreendimento é viável para o Nutec Partec e para a própria empresa incubada, pois pode ser que o projeto seja viável tecnicamente, mas pode não ter viabilidade econômica”, argumenta Mariana.

 

Disposto a incubar a empresa Orion Consultoria e Serviços Técnicos, o empreendedor Julio Martínez submeteu o Plano de Negócio da empresa à avaliação. “A ânsia de ser uma empresa incubada no NUTEC PARTEC é para ter acesso ao aprendizado para transferir o conhecimento técnico para o mercado local da cadeia produtiva de petróleo e gás”, acrescenta o empresário.

 

Serviço:

Parque Tecnológico – Nutec Partec
Contato: 85 – 3101.2444

 

17.06.2010

Assessoria de Imprensa do Nutec

Raquel Souza (asscom@nutec.ce.gov.br / 85 3101.7624)