Geração de emprego no Ceará chega a 10,60% nos últimos 12 meses

21 de junho de 2010

Nos últimos 12 meses foram criados 88.807 novos postos de trabalho no Ceará, com um aumento de 10,60%. No último mês de maio, o crescimento na geração de empregos chegou a 0,68%, alcançando 6.325 novas vagas. O resultado do mês de maio foi o melhor de toda a série histórica do Caged em termos absolutos e relativos. Tal desempenho foi proveniente da expansão do emprego principalmente nos setores de serviços (+ 3.366), da construção civil (+1.688) e comércio )+1.128). Os dados do Cadastro Geral de Empregado e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta segunda-feira (21) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Nos cinco primeiros meses deste ano, houve acréscimo de 23.792 postos (+2,59%). Este resultado foi o melhor de toda a série do Caged em termos absolutos e relativos e o segundo maior saldo do Nordeste. Ainda segundo o Caged, em maio, a Região Metropolitana de Fortaleza registrou geração de 6.639 empregos formais (+0,93%). Mais uma vez, este foi o melhor desempenho de toda série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“A superação observada este ano é resultado de investimentos públicos e privados, demonstrando um nível elevado de confiança na economia cearense”, destaca o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho, Francisco de Assis Diniz.

 

21.06.2010

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br/ 3101.6247)