Governo inaugura sete Centros de Inclusão Tecnológica e Social em Fortaleza

30 de junho de 2010

Nos CITS estão sendo investidos R$ 3,8 milhões, sendo R$ 2 milhões financiados pelo Governo do Estado e R$ 1,8 milhão, oriundo de emenda parlamentar do deputado Federal Ariosto Holanda. “Os CITSs têm como missão promover a formação social e profissional na perspectiva da inclusão social e tecnológica dos cidadãos, com foco na empregabilidade”, define a titular da STDS e Assistente Social, Fátima Catunda, ao explicar a importância dos novos centros, para o desenvolvimento social e econômico das comunidades beneficiadas. “Costumo dizer que há muita gente procurando emprego, mas também há muito trabalho esperando por profissionais realmente qualificados. Portanto, o foco desse projeto é a capacitação da população”, relata o deputado Federal Ariosto Holanda, autor da emenda que assegurou parte dos recursos para os CITS.

 

Com a palavra, a comunidade:

 

“Ansiedade. Muita ansiedade. É o sentimento de todos nós. Os jovens do Mucuripe precisam disso. Acho que com tantas ocorrências de jovens se perdendo por conta do “crack” e de tantas outras drogas em toda a cidade, ter um espaço como esse oferecendo estudo, capacitação, é muito valioso”, avalia Rosângela Santos, coordenadora do CITS do Mucuripe. “Minhas expectativas são as melhores possíveis. Vai ser excelente para nossa comunidade. Logo que nos avisaram sobre o CITS, repassamos a informação aos pais dos meninos. Ficaram tão ansiosos quanto eles. Será uma unidade de muito valor para o público do Conjunto Ceará”, completa Taís Helena Mendes, coordenadora do CITS do Conjunto Ceará.

 

Estrutura

 

Cada CITS funcionará com um laboratório temático. O espaço será utilizado para capacitar o público de acordo com as atividades realizadas em cada bairro. Lagamar terá laboratório de alimentos; Mucuripe, de turismo e línguas; Parque São José, de telemarketing; Messejana, de confecção e moda; Conjunto Ceará e José Walter, de hardware; e Jangurussu, laboratório de serviços domésticos. Os cursos terão duração de 200 horas.

 

Serão desenvolvidas também ações de emprego e renda no entorno de cada Centro, proporcionando o fortalecimento da economia dos bairros. Ilhas de atendimento à comunidade e prestação de serviços serão instaladas em cada um dos sete CITS e 14 turmas de fotografia e vídeo serão formadas. Além disso, todos as unidades serão conveniados ao Sistema Nacional de Emprego (Sine-CE), facilitando, desse modo, o encaminhamento do jovem estudante ao mercado de trabalho.

 

Cada unidade terá, ainda, auditório com estrutura para realização de vídeo-conferências, laboratórios de eletromecânica e informática, salão de jogos educativos, biblioteca multimídia, salas de aula, salas de professores, salas de secretaria e coordenação, cantina, banheiros e almoxarifado. As capacitações contarão com o suporte de parceiros como o Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), além da participação de entidades sociais.

 

Serviço:

Data: 1º de julho (quinta-feira)
Horário: 10 horas
Local: Rua 1111, nº 10, 4ª Etapa, Conjunto Ceará

 

30.06.2010

Assessoria de Imprensa da STDS

Carlos Eugênio (imprensa@stds.ce.gov.br / 85 3101.2089)