Ceará atinge 90,72% de cobertura contra H1N1

5 de julho de 2010

O Ceará terminou o mês de junho com 90,72% de cobertura da vacinação contra a influenza A (H1N1). Foram imunizadas 3.924.079 pessoas da população-alvo de 3.560.022 pessoas pertencentes a todos os grupos prioritários. A campanha de vacinação contra a gripe A registrou a maior mobilização por imunização no Ceará, em toda a história. A estrutura da campanha foi grandiosa, com 1.692 postos fixos no Estado e 30 mil trabalhadores envolvidos.

 

O Brasil já imunizou 84,8 milhões de pessoas contra a gripe H1N1. O dado coloca o país na condição de país que mais vacinou em termos de percentual da população total. A vacinação contra a gripe H1N1 é também a maior já ocorrida no mundo, ultrapassando a vacinação contra a rubéola realizada no país, que alcançou 67 milhões de pessoas, em 2008.

 

Desde janeiro deste ano, foram registradas 609 internações e 74 mortes em decorrência da gripe H1N1. Entre os casos graves hospitalizados, 45% tinham pelo menos um fator de risco; entre os óbitos, o índice foi de 54%.

 

Em 2009, dos 2.051 óbitos registrados, 1.539 (75%) ocorreram em doentes crônicos. Entre as grávidas, a mortalidade foi 50% maior do que na população geral. Adultos de 20 a 29 anos e de 30 a 39 anos concentraram 20% e 22% dos óbitos, respectivamente. A maior taxa de incidência da doença foi em crianças menores de 2 anos (59 casos por 100 mil habitantes).

 

 

05.07.2010

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101 5220)