Secretaria das Cidades e PGJ discutem reassentamento de famílias do Sítio São Jorge

12 de agosto de 2010

O secretário das Cidades, Joaquim Cartaxo, se reuniu nesta quinta-feira (12) com a Procuradora Geral de Justiça, Socorro França, com o objetivo de buscar uma solução para o problema das cerca de mil famílias que estão acampadas no Sítio São Jorge, no José Walter. Também participaram da reunião representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Movimento dos Conselhos Populares (MCP), a procuradora Vanja Fontenele, o promotor Luís Laércio Fernandes e o coordenador de habitação da Secretaria das Cidades, Sérgio Barbosa.

Na oportunidade, o secretário destacou o empenho do Governo do Estado em garantir melhores condições de habitabilidade para as famílias. “Apesar da prioridade da ação do Governo do Estado na área habitacional ser o atendimento às famílias que residem em áreas de risco, desde o mês passado estamos empenhados em buscar equacionar o problema das famílias do Sítio São Jorge”.
Durante a reunião, foi discutida pelos presentes uma proposta de construção de um empreendimento do Programa Minha Casa, Minha Vida no próprio terreno para abrigar as famílias.

A procuradora geral de Justiça telefonou para o representante dos proprietários do terreno ocupado, que ficaram de avaliar a proposta. Amanhã, será realizada uma nova reunião na sede da Procuradoria Geral de Justiça para uma tentativa de acordo entre os proprietários e as famílias.

 

12.08.2010

Assessoria de Comunicação da Secretaria das Cidades
Carlos Henrique Camelo (chenrique@cidades.ce.gov.br – 85 3101.4462)