Tamboril terá primeira Escola de Educação Profissional do Brasil no padrão MEC

18 de agosto de 2010

O investimento contou com recursos no valor de R$ 5,6 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do MEC.

 

A população de Tamboril, distante 300 km de Fortaleza, receberá nesta quinta-feira, dia 19, a primeira Escola Profissional do Brasil, construída no padrão MEC. A solenidade será às 18 horas, com as presenças da secretária Izolda Cela e do secretário de Educação Profissional e Tecnológica (Setec)/MEC, Eliezer Pacheco, que representará o ministro Fernando Haddad. O evento acontece no ginásio poliesportivo da unidade que terá o nome de Escola Estadual de Educação Profissional Antônio Mota Filho. No novo estabelecimento, 480 estudantes vão ter a oportunidade de concluir a educação básica e aprender uma profissão. O investimento contou com recursos no valor de R$ 5,6 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do MEC.

 

Padrão MEC

 

Dentro da nova concepção de qualidade estabelecida pelo Ministério da Educação para escolas de educação profissional, é considerada a primeira do Brasil a entrar em funcionamento. Além de 12 salas de aula, a estrutura de mais de 4,5 mil metros quadrados terá os seguintes espaços: hall/ foyer, auditório para 201 lugares; biblioteca; bloco pedagógico-administrativo; secretaria, diretoria, reprografia, coordenações, salas de professores; laboratórios de Línguas, Informática, Química, Física, Biologia e Matemática; laboratórios especiais (02 oficinas); bloco administrativo de vivência (cantina, cozinha,  vestiários de funcionários, grêmio, refeitório, vivência, oficina de manutenção), quadra poliesportiva, depósito de material esportivo, coordenação de educação física, vestiários para alunos, sala multiuso, teatro de arena e estacionamento (40 vagas).

 

Além de Tamboril, o espaço vai beneficiar alunos dos municípios de Catunda, Monsenhor Tabosa, Ararendá, Independência, Ipaporanga, Ipueiras, Nova Russas, Novo Oriente e Poranga que para ter acesso a um ensino de qualidade tinham que viajar para capital ou para a região sudeste do país. Inicialmente, a escola oferecerá cursos rápidos para a comunidade, reforço para o ensino médio, além da implantação dos Projetos e-Jovem e Condomínio Digital. No próximo ano, começam as atividades escolares com cursos técnicos voltados à área da construção civil (edificações, design gráfico, topografia).

 

Educação Profissional

 

Tem como objetivo vincular a educação básica à educação profissional, dando oportunidade aos jovens de complementarem seus estudos, além de promover a formação para o mundo do trabalho. O projeto teve início em 2008 com a implantação de 26 escolas na capital e no interior. No ano seguinte, mais 25 unidades entraram em funcionamento e no início de 2010, outras oito escolas passaram a ofertar esse nível de ensino onde estão matriculados mais de 19 mil jovens. No momento, são ofertados 18 cursos técnicos(Informática, Enfermagem, Turismo, Segurança do Trabalho, Comércio, Edificações, Estética, Finanças, Produção de Moda, Massoterapia, Agroindústria, Meio Ambiente, Aquicultura, Contabilidade, Secretariado, Administração, Hospedagem e Vestuário).

 

18.08.2010

 

Assessoria de Imprensa da Seduc:

Jacqueline Cavalcante – jacquelinec@seduc.ce.gov.br – 85 3101.3972