Governo inaugura Escola de Educação Profissional em Ipu

24 de agosto de 2010

Os próximos beneficiados com uma escola profissional, construída no padrão estabelecido pelo MEC, são os moradores de Ipu, município localizado na região norte do Estado. A solenidade de inauguração da Escola Estadual de Educação Profissional(EEEP) Antônio Tarcízio Aragão será nesta quarta-feira, dia 25, às 18 horas, com a presença da secretária Izolda Cela. Com capacidade para atender 480 alunos, em tempo integral(das 7 às 17 horas), a nova unidade recebeu recursos no valor de R$ 5,5 milhões do Tesouro Estadual e do MEC.

 

A estrutura de 4,5 mil metros quadrados tem 12 salas de aula, hall/ foyer, auditório para 201 lugares, biblioteca, bloco pedagógico-administrativo, secretaria, diretoria, reprografia, coordenações, salas de professores, laboratórios de Línguas, Informática, Química, Física, Biologia e Matemática e laboratórios especiais (02 oficinas).  Dispõe ainda de bloco administrativo de vivência (cantina, cozinha,  vestiários de funcionários, grêmio, refeitório, vivência, oficina de manutenção), quadra poliesportiva, depósito de material esportivo, coordenação de educação física, vestiários para alunos, sala multiuso, teatro de arena e estacionamento (40 vagas). A construção atende à nova concepção de qualidade estabelecida pelo MEC para escolas de educação profissional.  A obra foi supervisionada pelo Departamento de Edificações e Rodovias do Ceará (DER), órgão vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

 

Também terão acesso à Escola Profissional os distritos de Várzea do Jiló, Abílio Martins e Flores, além dos municípios de Ipueiras e Hidrolândia. Até o final desse ano, o estabelecimento ofertará preparação para o Enem, reforço para o 9º ano e Ensino Médio, além da implantação do Projeto e-Jovem. No primeiro semestre de 2011, terão início as atividades escolares com cursos técnicos de Agroindústria, Enfermagem, Informática e Turismo.

 

Com a Escola Antônio Tarcízio Aragão, a rede estadual de educação profissional terá a partir de agora 61 unidades em todo o Estado. O objetivo das EEEPs é vincular a educação básica à educação profissional, dando oportunidade aos jovens de complementarem seus estudos, além de promover a formação para o mundo do trabalho. Para isso, são ofertados 18 cursos técnicos(Informática, Enfermagem, Turismo, Segurança do Trabalho, Comércio, Edificações, Estética, Finanças, Produção de Moda, Massoterapia, Agroindústria, Meio Ambiente, Aquicultura, Contabilidade, Secretariado, Administração, Hospedagem e Vestuário). O projeto teve início em 2008 com a implantação de 26 escolas na capital e no interior. No ano seguinte, mais 25 unidades entraram em funcionamento e no início de 2010, outras oito escolas passaram a ofertar esse nível de ensino, onde estão matriculados mais de 19 mil jovens. No último dia 20, foi inaugurada a Escola de Educação Profissional de Tamboril, a primeira no Brasil a atender os padrões do Ministério da Educação para escolas com a oferta dessa modalidade de ensino.

 

24.08.2010

 

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br – 85 313972)