Governador recebe lista tríplice para vaga no Tribunal de Justiça

6 de outubro de 2010

O governador Cid Gomes recebeu nesta quarta-feira (06/10), no Palácio Iracema, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, desembargador Ernani Barreira, a listra tríplice para uma vaga de desembargador do quinto constitucional, destinada ao Ministério Público (MP). José Valdo Silva, Marcos Tibério Castelo Aires e Paulo Francisco Banhos Ponte são os procuradores de Justiça que integram a lista.

 

O processo de escolha ocorreu em sessão pública do Pleno do Tribunal de Justiça no último dia 21 de setembro.O representante do Ministério Público Estadual escolhido irá ocupar a vaga deixada por Raul Araújo Filho, que tomou posse como ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no dia 12 de maio deste ano, na vaga decorrente da aposentadoria do ministro Paulo Gallotti.

 

PERFIS

 

PAULO FRANCISCO BANHOS PONTE – Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC) e pós-graduado em Aperfeiçoamento, Especialização e Mestrado, também pela UFC, Paulo Banhos foi promotor de Justiça das Comarcas de Saboeiro, São Gonçalo do Amarante, Senador Pompeu e Fortaleza. Foi fundador e primeiro diretor da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), além de ter atuado como assessor da Procuradoria Geral de Justiça, diretor da Revista do Ministério Público, chefe de Gabinete do Procurador Geral, professor do Curso de Pós-Graduação e Aperfeiçoamento do Ministério Público, entre outras funções. Atualmente, além de procurador, é professor adjunto da Faculdade de Direito da UFC e professor da ESMP.

 

JOSÉ VALDO SILVA – Graduado em Direito pela UFC, ingressou no Ministério Público estadual em 1974. Como promotor, exerceu a titularidade das Promotorias de Justiça das Comarcas de Tamboril, Assaré e Sobral, além da Promotoria Criminal da Comarca de Fortaleza. Foi promovido para o cargo de Procurador de Justiça em 25 de fevereiro de 2003. Exerceu também a função de Ouvidor Geral do Ministério Público do Ceará, entre maio de 1988 e janeiro de 2001. Atuou como representante do MP nas Comarcas de Nova Russas, Ipu, Ipueiras, Santa Quitéria, Beberibe, Tianguá e Redenção. Em Fortaleza, foi designado para diversas promotorias criminais.

 

MARCOS TIBÉRIO CASTELO AIRES – Ingressou no MP por concurso público em 1978. Exerceu o cargo de Promotor de Justiça nas Comarcas de Solonópole, Tianguá e Lavras da Mangabeira. Em 1989, foi promovido para a Comarca de Fortaleza, exercendo, inicialmente, funções na 1ª Vara de Delitos de Trânsito, posteriormente redefinida como 18ª Vara de Família pelo Código de Organização Judiciária do Ceará. É procurador de Justiça desde 2007, atuando na área criminal. Além dessa função, é coordenador do Núcleo de Processos Administrativos e Procedimentos Disciplinares do Ministério Público do Estado do Ceará (NUPAD), vice-corregedor geral do MP estadual e presidente da Comissão Permanente de Inquérito Administrativo, responsável pelo processamento de faltas disciplinares por parte de servidores e membros. É, ainda, especialista em Direito Processual Penal pela Universidade de Fortaleza (Unifor).

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado com informações do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3101.6247)