Hospital Regional do Cariri será inaugurado em dezembro

20 de outubro de 2010

O Hospital Regional do Cariri (HRC) será inaugurado no dia 10 de dezembro deste ano com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (20/10) pelo governador Cid Gomes durante reunião de avaliação do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP). Na área da saúde, o secretário da Saúde, Arruda Bastos informou também que as obras de ampliação do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) estarão concluídas em fevereiro do próximo ano. A reunião de avaliação do MAPP acontecerá ainda durante toda esta quinta-feira (21), a partir das 9 horas, na Residência Oficial.

 

Com 294 leitos, o Hospital Regional do Cariri é de grande porte, construído pelo Governo do Estado para atendimento de urgência e emergência e realização de serviços de alta e média complexidade. O HRC tem investimento de R$ 96 milhões e 27.126,47 metros quadrados de área construída. Fica localizado em Juazeiro do Norte, na Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, estrategicamente entre os municípios de Barbalha e Crato para facilitar o acesso à população dos municípios de toda a macrorregião do Cariri e também das microrregiões de Tauá e Iguatu. No total, uma população de 1 milhão e 336 mil habitantes de 41 municípios, que a partir do novo hospital terá atendimento na região, sem necessidade de deslocamento para a Capital.

 

Exames especializados, que hoje na rede pública só são realizados em Fortaleza, o Hospital Regional do Cariri vai oferecer à população na própria região. É o caso da ressonância magnética que atualmente apenas o Hospital Geral de Fortaleza realiza. Outro exame especializado que a população do Cariri terá acesso mais fácil é a tomografia computadorizada. No apoio ao diagnóstico e terapêutico, além da ressonância magnética e da tomografia computadorizada, serão oferecidos aos pacientes radiologia geral, ultrassonografia geral e intervencionista, endoscopia digestiva e respiratória, eletrocardiograma, ecocardiograma eletroencefalograma, litotripsia, mamografia. O hospital conta com laboratórios de análises clínicas e patologias clínicas, citologia, anatomopatologia e ainda agência transfusional.

 

A população será atendida em diversas especialidades médicas, como a cirurgia geral, clínica médica, traumato-ortopedia, neurologia, cirurgia plástica, cirurgia buco-maxilo-facial, cirurgia vascular, cardiologia, proctologia, gastroenterologia, urologia, oftalmologia e mastologia. O novo e maior hospital da região ainda terá serviços de farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional, serviço social e ouvidoria. O HRC também será referência em atividades de ensino e pesquisa, contribuindo para a formação de recursos humanos na área de saúde no Estado, com capacidade para acolher dois residentes em cada especialidade e quatro internos.


Perfil do HRC

 

Número de leitos: 294 leitos (174 de enfermaria, 51 de emergência, 28 do hospital-dia, 20 leitos de UTI adulto, 15 de cuidados semi-intensivos, 6 do centro de imagem).

 

Especialidades: traumato-ortopedia, cirurgia plástica, neurologia, cirurgia buco-maxilo-facial, cirurgia vascular, cardiologia, proctologia, gastroenterologia, urologia, oftalmologia, mastologia,
cirurgia geral, clínica médica.

 

Serviços/exames: ressonância magnética, tomografia computadorizada, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma, litotripsia, endoscopia digestiva, endoscopia respiratória, radiologia geral, ultrassonografia geral.

 

Profissionais: 996, além dos trabalhadores da higienização e vigilância.

 

Área construída: 27.126,47 metros quadrados

 

Investimento total: R$ 96 milhões, sendo R$ 65 milhões em obras e R$ 31 milhões em aquisição de equipamentos

 

Fonte de recursos: Tesouro do Estado

 

20.10.2010

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira 85 3101.5220