Cogerh realiza reunião pública sobre Plano de Bacias RMF

21 de outubro de 2010

A Cogerh juntamente com o Comitê das Bacias Hidrográficas da Região Metropolitana de Fortaleza e com o apoio da Gerência Metropolitana -GEMET da Companhia, realizarão nesta sexta-feira (22) uma Reunião Pública sobre a discussão da Revisão do Plano das Bacias Metropolitanas. O evento acontecerá no Auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará-FIEC, às 08:30h onde serão discutidos o Resgate Histórico do Processo de Revisão do Plano de Bacia, Apresentação da Revisão Completa do Plano das Bacias Metropolitanas,Questionamentos do Plenário e Votação.

 

O primeiro Plano das Bacias Metropolitanas foi elaborado no ano de 2000 e é um documento que reflete o diagnóstico da situação hídrica e ambiental das Bacias Metropolitanas. Esse Plano de Bacia mostra também o balanço da oferta hídrica e da demanda, apontando a necessidade da construção de adutoras, canais e açudes dentro dos 31 municípios das Bacias Metropolitanas.

 

Neste ano de 2010, momento em que o Plano de Bacia passa por uma revisão de todo o seu conteúdo,  identificando o novo cenário de mudanças na realidade das Bacias Metropolitanas, o Comitê das Bacias Hidrográficas da Região Metropolitana de Fortaleza (CBH-RMF), tem acompanhado todo o processo de discussão dos Relatórios de Fases e, chama a sociedade a se fazer presente para aprofundar o debate e socializar a revisão deste Plano de Bacia, que é um dos instrumentos de gestão mais importante na definição das políticas públicas para a gestão de águas nas Bacias Metropolitanas.

 

Os municípios que compõem as Bacias Metropolitanas são: Acarape, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Cascavel, Capistrano, Caucaia, Choró, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, Guaiúba, Guaramiranga, Horizonte, Ibaretama, Itapiúna,  Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Pindoretama, Redenção e São Gonçalo do Amarante. As Bacias Metropolitanas ocupam uma área de 15.085km² no Estado do Ceará e abriga o mais importante centro consumidor de água que é a Região Metropolitana de Fortaleza, portanto, conhecer, discutir e participar da elaboração final desse documento é um exercício de cidadania que toda a sociedade deve participar.

 

21.10.2010

 

Assessoria de Comunicação e Marketing da Cogerh

Vanja Boaventura (vanja.boaventura@cogerh.com.br / 3218.7024 / 8895.9225)

Cogerh Realiza Reunião Pública Sobre Plano de Bacias RMF

 

 

A Cogerh juntamente com o Comitê das Bacias Hidrográficas da Região Metropolitana de Fortaleza e com o apoio da Gerência Metropolitana -GEMET da Companhia, realizarão nesta sexta-feira (22) uma Reunião Pública sobre a discussão da Revisão do Plano das Bacias Metropolitanas. O evento acontecerá no Auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará-FIEC, às 08:30h onde serão discutidos o Resgate Histórico do Processo de Revisão do Plano de Bacia, Apresentação da Revisão Completa do Plano das Bacias Metropolitanas,Questionamentos do Plenário e Votação.

 

 

O primeiro Plano das Bacias Metropolitanas foi elaborado no ano de 2000 e é um documento que reflete o diagnóstico da situação hídrica e ambiental das Bacias Metropolitanas. Esse Plano de Bacia mostra também o balanço da oferta hídrica e da demanda, apontando a necessidade da construção de adutoras, canais e açudes dentro dos 31 municípios das Bacias Metropolitanas.

 

Neste ano de 2010, momento em que o Plano de Bacia passa por uma revisão de todo o seu conteúdo, identificando o novo cenário de mudanças na realidade das Bacias Metropolitanas, o Comitê das Bacias Hidrográficas da Região Metropolitana de Fortaleza (CBH-RMF), tem acompanhado todo o processo de discussão dos Relatórios de Fases e, chama a sociedade a se fazer presente para aprofundar o debate e socializar a revisão deste Plano de Bacia, que é um dos instrumentos de gestão mais importante na definição das políticas públicas para a gestão de águas nas Bacias Metropolitanas.

 

Os municípios que compõem as Bacias Metropolitanas são: Acarape, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Cascavel, Capistrano, Caucaia, Choró, Chorozinho, Eusébio, Fortaleza, Guaiúba, Guaramiranga, Horizonte, Ibaretama, Itapiúna, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Pindoretama, Redenção e São Gonçalo do Amarante. As Bacias Metropolitanas ocupam uma área de 15.085km² no Estado do Ceará e abriga o mais importante centro consumidor de água que é a Região Metropolitana de Fortaleza, portanto, conhecer, discutir e participar da elaboração final desse documento é um exercício de cidadania que toda a sociedade deve participar.

 

Vanja Boaventura-vanja.boaventura@cogerh.com.br

Assessoria de Comunicação e Marketing (ASCOM)-Cogerh

Fones: 3218.7024 / 8895.9225.