Museu Sacro São José de Ribamar abre exposição Retratos de família do Aquiraz

28 de outubro de 2010

Aberta no último dia 22 de outubro, a exposição apresenta a fotografia como registro que permanece presente no cotidiano das pessoas.  As imagens guardadas em baús, álbuns, porta retratos, quadros e atualmente nos computadores podem revelar costumes, hábitos alimentares, mudanças na moda, evolução das técnicas fotográficas, modificações na paisagem urbana e rural etc. A mostra permanece em cartaz até o dia 15 de dezembro de 2010.

 

A pesquisa buscou contemplar as diversas técnicas de fotografia utilizadas para registro familiar ao longo do tempo. Foi feito um chamado geral a comunidade de Aquiraz, principalmente por meio dos professores da rede pública de ensino. Ao final, foram reunidas cerca de 150 fotos e selecionadas 75 para compor a mostra. As fotos são na maioria do início do século XX até a década de 1980.

 

Os retratos selecionados para fazer parte dessa mostra foram escolhidos levando em consideração as mudanças e permanências nos modos e significados de registro da recordação familiar. A fotografia em família é uma proteção contra os desígnios do tempo, uma forma de comunicação com o outro. Expressa sentimentos, auto-identifica e revela prestígio social.

 

A mostra é uma realização da Secretaria da Cultura do Ceará, por meio do Museu Sacro São José de Ribamar, e da Associação de Amigos do Museu Sacro São José de Ribamar.

 

Serviço:

Exposição Retratos de família do Aquiraz
Em cartaz até  15 de dezembro de 2010
Local: no prédio anexo ao Museu Sacro.
Endereço: Largo da Independência, s/n – Aquiraz

 

28.10.2010

Assessoria de Imprensa da Secult

Bianca Felippsen (imprensa@secult.ce.gov.br / 85 3101.6761 – 3101.6759)