Copa 2014: Reforma do Castelão será concluída em dezembro de 2012

3 de novembro de 2010

Começa a contagem regressiva para o início das obras do estádio Castelão. Com a homologação da licitação realizada na última sexta-feira, dia 29 de novembro, o secretário do Esporte do Estado, Ferruccio Feitosa se reuniu nesta quarta-feira (03) com representantes da Galvão Engenharia e das secretarias estaduais da Fazenda (Sefaz) e de Infraestrutura (Seinfra) para fechar os últimos detalhes necessários para a assinatura do contrato.

 

De acordo com Ferruccio Feitosa, o processo segue agora para atender os prazos e exigências formais necessárias para a execução da primeira Parceria Público-Privada do Estado. “Estamos trabalhando para concluir a instalação da Sociedade de Propósito Específico (SPE), conforme exige a Lei”, afirma. O secretário estadual do esporte destacou ainda que fixou, junto ao Consórcio vencedor, a data entrega da obra em dezembro de 2012, com a perspectiva de participar da Copa das Confederações. “Estamos fixando o prazo em 24 meses de obra. Para isso, serão utilizadas execuções em até três turnos”, garante.

 

Segundo Jorge Valença, diretor comercial da Galvão Engenharia, o cronograma de execução será elaborado “de trás para frente”. “Estamos programando o calendário da obra priorizando o prazo final de entrega”, explica. Dessa forma, a obra será iniciada com as demolições necessárias, conforme será indicado no projeto executivo, e pela retirada da cobertura metálica do Castelão, que ganhará uma nova estrutura cobrindo 100% da arquibancada.

 

Para acompanhar todo o processo, serão realizadas reuniões semanais onde a Secretaria do Esporte do Estado, juntamente com outras secretarias vinculadas ao projeto, acompanhará de perto o andamento do processo junto ao consórcio Arena Multiuso Castelão, composto pelas empresas Galvão Engenharia S/A, Serveng Civilsan S/A e BWA Tecnologia de Informação LTDA. Com os recursos financeiros 100% assegurados pelo BNDES e Tesouro Estadual, a obra do estádio está orçada em R$ 452 milhões.

 

Detalhes do projeto

 

Entre as melhorias que serão realizadas no estádio Castelão para receber os jogos da Copa do Mundo FIFA Brasil de 2014 está a ampliação da capacidade de público de 59 mil para 66.700 mil lugares, colocando Fortaleza como a única do Nordeste com capacidade para sediar uma semifinal, já que o exigido pela Fifa é de 60 mil pessoas. Em relatório oficial, a FIFA afirmou que o projeto do Castelão está apto para este fim, tendo em vista o detalhamento dos espaços descritos e a qualificação das áreas, especialmente de atletas, hospitalidade, VIP e imprensa.

 

Outro ponto do projeto é a aproximação da área que separa o acesso dos torcedores sentados nas cadeiras inferiores do gramado. Com a reforma, essa distância cairá dos atuais 40 para 21 metros. Também serão realizadas mudanças nas cabines de imprensa, camarotes, vestiários, túneis de acesso ao campo, e nas cadeiras do estádio, que serão retráteis, entre outros pontos.  Além disso, o estádio contará com um novo estacionamento para 1750 veículos.

 

O estádio receberá também uma nova coberta que protegerá 100% dos torcedores de sol e chuva e irá ajudar substancialmente a qualidade da imagem das transmissões televisivas. Além disso, serão construídos um restaurante, mídia center, área de hospitalidade, lounge e área VIP. Todas as mudanças atendem às exigências do caderno de encargos da FIFA.

 

Como diferencial aos demais, o projeto do Castelão traz o uso de energia limpa com a instalação de duas turbinas eólicas e a implantação de banda larga, suprimento de 22 MVA (Megavoltampere) de carga no estádio e no entorno, onde o Governo estima investir R$ 41,7 milhões.

 

03.11.2010

Assessoria de Imprensa da Sesporte

Lisiane Linhares (lisiane.linhares@esporte.ce.gov.br / 85 3101.4415 – 8732.1976)