Ronda Cultural encerra atividades de 2010

13 de dezembro de 2010

Desde que Estefane Félix, de 18 anos, aluna do Colégio Liceu de Messejana, começou a participar das oficinas do projeto Ronda Cultural, sua visão sobre a polícia mudou. Antes, ela relata que via os policiais apenas para prender bandidos mas agora considera-os amigos da comunidade. Assim como Estefane, outros aproximadamente 500 alunos de dez escolas públicas, que participaram das oficinas do projeto Ronda Cultural, estão começando a pensar diferente. O projeto é uma parceria entre a secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, a secretaria de Educação (Seduc), secretaria de cultura (Secult) e a Universidade de Fortaleza (Unifor). O encerramento das atividades de 2010 do Ronda Cultural acontece nesta terça-feira (14), às 18h, no Anfiteatro Centro Cultural Dragão do Mar.

 

Segundo o coordenador do projeto , major da Polícia Militar, Plauto Roberto, nas oficinas foram realizados debates práticos e teóricos que visam construir um novo modelo de relacionamento, desfazendo estigmas, estereótipos e preconceitos ainda existentes na relação entre polícia e juventude. O projeto desenvolveu ainda atividades culturais nas áreas da Música, Dança e Audiovisual construindo ferramentas de aproximação entre a Polícia Ronda do Quarteirão e a comunidade, ocupando os jovens em seus momentos ociosos, além de descobrir novos talentos. As oficinas tiveram duração de um mês, totalizando 70 horas/aula. A cada semana os alunos aprenderam sobre um elemento do Hip Hop, como Break, Grafite, Hap e DJ. Ao final da aula acontecia o “papo de rocha”, onde os participantes discutiam temas como violência, criminalidade, drogas, doenças sexualmente transmissíveis, homofobia e bullyng.

 

Ronda Cultural 2011

 

Em 2011 o projeto Ronda Cultural ganhará um novo parceiro, o Instituto de Estudo e Pesquisa para o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), da Assembleia Legislativa, com o projeto Construção Compartilhada da Cidadania. O projeto contará com mais oito policiais, capacitados no início do ano, para ministrarem as oficinas. A expectativa é que mais 20 escolas da rede pública, indicadas pela Secretaria de Educação (Seduc), sejam contempladas com o projeto. Atualmente, duas equipes de quatro policiais ministram as oficinas, além do apoio de um profissional do Hip Hop. Hoje. dez escolas participam do programa, são elas dos bairros: São Miguel, José Walter, Tancredo Neves, Messejana, Santa Rosa, Castelão e Cajazeiras.

 

Serviço: A solenidade de encerramento das atividades do projeto Ronda Cultural acontece no dia 14, às 18h, no Anfiteatro do Centro Cultural Dragão do Mar.

 

13.12.2010

Assessoria de Comunicação da SSPDS

Marcos Cavalcante e Joslen Herbster Fones (ascom@sspds.ce.gov.br / 85 3101.6517 – 3101.6518)