Cagece: Nova estrutura tarifária reduz valor de contas no Interior

23 de dezembro de 2010

A partir do dia 26 de dezembro entra em vigor o fim da paridade nas  cobranças de água e esgoto no Interior do Estado. Após essa data o cliente que pagava pelo serviço de esgoto, o mesmo valor que pagava pelo volume faturado de água, passará a pagar apenas 80% deste volume. Esta mudança já vinha sendo reivindicada pela sociedade e já estava sendo utilizada em outros locais do país.

 

Todos os 148 municípios em que a Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece) opera, terão essa diminuição nas contas de água mensais. Cerca de 110.000 clientes em todo o Interior do Estado terão suas contas menores. São, em média, 648.000 economias em todos os municípios. Na prática, o valor cobrado pelo metro cúbico tratado de esgoto continuaria igual ao valor do metro cúbico de água tratada, mas no momento de emitir a fatura aos clientes, a Cagece cobrará 20% a menos do volume faturado de água.

 

Com a proposta, a Companhia espera um aumento na adesão do serviço de esgotamento sanitário. Os clientes residenciais normais terão uma redução na conta de 12,83% a 13,22% pelo serviço de esgoto. A antiga categoria “comercial I”, que passou a se chamar “comercial popular”, composta por pequenos comércios, terá uma redução do consumo mínimo de 10m3 para 7m3, significando a possibilidade de redução na conta dos serviços e estimulando o comércio de bairros gerando renda e empregos para a população. Esta categoria consta 51% no Interior do Estado.

 

23.12.2010

Assessoria de Imprensa da Cagece

Márcio Teles (marcio.teles@cagece.com.br / 85 3101.1826 – 3101.1828)