Semace promove treinamento para procedimentos de fiscalização ambiental no Estado

4 de janeiro de 2011

Com o objetivo de uniformizar procedimentos de fiscalização ambiental no Estado, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), por meio da Coordenadoria de Fiscalização (Cofis), promove cursos de capacitação voltado para fiscais ambientais da autarquia. Os fiscais da autarquia recebem nesta terça-feira (04) treinamento sobre DOF e inspeção florestal, facilitado pelo coordenador da Cofis, José Ricardo Araújo. Já nos dias 05 e 07, eles ficarão na companhia dos fiscais Ana Maria Maia, Bianca Costa e Francisco Antônio de Oliveira, que ministrarão curso sobre identificação de madeira. Ambos os eventos acontecerão nas instalações da Cofis.

 

De acordo com o coordenador da Cofis, José Ricardo Araújo, o intuito é fazer um planejamento para o próximo ano, visando uma atuação mais proativa do setor, independentemente das denúncias que chegam à superintendência. Segundo ele, o treinamento, facilitará também o trabalho de vistoria, em especial, no que diz respeito a depósitos de comércio de madeira e cerâmicas, bem como o desmatamento florestal, atividade ainda muito praticada em nosso Estado.

 

Desde que chegaram à autarquia, em julho deste ano, os fiscais ambientais recebem treinamentos direcionados à prática de procedimentos rotineiros da profissão. Durante o semestre, eles tiveram conhecimentos de técnicas sobre manuseio de GPS, legislação ambiental, enquadramento de infrações e fiscalização da flora. Para a realização dessas ações, a instituição contou com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

 

Saiba mais

A Semace tem um serviço destinado a população que pode denunciar qualquer tipo de irregularidade ambiental. Trata-se do Disque Natureza (0800-275-2233), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h e das 13 às 17h. A denúncia pode ser anônima. A autarquia também conta com 60 fiscais ambientais para averiguar essas informações e flagrar agressões ambientais em todo o Ceará. Esses servidores têm o poder de lavrar autos de infração e estipular o valor das multas, além de apreender mercadorias e embargar empreendimentos, se necessário.

 

03.01.2011

 

Assessoria de Imprensa da Semace

Ana Luzia Brito (comunicacao@semace.ce.gov.br)/85 3101.5554 – 8653.8337)