Projeto Maranguapinho retira mais de mil famílias de áreas de risco

12 de janeiro de 2011

O ano de 2011 começou diferente para 1.264 famílias que viviam em áreas de risco. Beneficiadas pelo Projeto Maranguapinho, essas famílias não tiveram que passar pelo sufoco de ter suas casas alagadas pelas águas do rio, como ocorria anualmente nos períodos de chuva. Parte delas foi reassentada em conjuntos residências, como é o caso das 336 que estão morando no Residencial Leonel Brizola, na Granja Lisboa.

 

Gabriela Teixeira, que vivia de aluguel em uma casa nas margens do rio e hoje mora com o marido e uma filha em um apartamento de 44,57 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. “Eu sofria muito na época de chuvas, alagava tudo, ninguém conseguia ter paz, com medo da água carregar tudo. Hoje, tenho a segurança de morar bem. Minha família está muito feliz”, afirma.

 

Além das famílias reassentadas em residenciais construídos pelo Governo do Estado, outra parte que vivia em áreas de risco foi beneficiada com indenizações ou com permutas de imóveis. Neste caso, a Secretaria das Cidades providencia a compra de um imóvel para a família em condições dignas de moradia.

 

Até o final de março deste ano o número de famílias beneficiadas com novas moradias deve crescer ainda mais. De acordo com o coordenador de habitação da Secretaria das Cidades, Sérgio Barbosa, serão mais 858 famílias retiradas da área de risco. “Até lá prevemos a entrega de mais 240 unidades habitacionais do residencial Leonel Brizola, entregando os residenciais Blanchard Girão e Juraci Magalhães”.

 

Com a conclusão do Projeto Maranguapinho um total de 9.422 famílias que moram nas margens do rio serão reassentadas. As famílias que continuarem nas proximidades do rio também serão beneficiadas com as obras de urbanização que irão interligar à avenida Mister Hull e o 4º Anel Viário, em Maracanaú, com a construção de vias paisagísticas, ciclovias, calçadão, nas duas margens, além da implantação de equipamentos de lazer.

 

O Projeto Rio Maranguapinho, que é uma obra do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal, envolve ainda obras de dragagem para a retirada de lixo do rio, construção de um lago para controle de cheias e o esgotamento sanitário de 17 bairros das Sub-bacias adjacentes ao Maranguapinho.

 

12.01.2011

Assessoria de Imprensa da Secretaria das Cidades

Juliana Bomfim (juliana@cidades.ce.gov.br / 85 3101.4462 – 85 8893.2602)