Pecém consolida crescimento em oito anos

21 de janeiro de 2011

O porto do Pecém, administrado pela Cearáportos, consolida definitivamente sua posição no ranking dos portos brasileiros. Com apenas oito anos de operação o porto cearense continua liderando a exportação de frutas e calçados, mantendo a terceira posição na importação de produtos siderúrgicos, ferro e aço e também na movimentação de algodão.

 

Em 2002, primeiro ano de operação, o Pecém movimentou 30 mil TEUS e 386 mil toneladas operadas na atracação de 167 navios . No ano passado, oito anos após sua inauguração, o porto de São Gonçalo do Amarante movimentou 167 mil TEUS e 3,15 milhões de toneladas, além de receber a atracação de 529 navios. Esses indicadores representam cinco vezes mais contêineres, oito vezes mais tonelagem e três vezes mais a quantidade de navios aportados.

 

Os resultados de 2010

 

Os números registrados em 2010 mostram um crescimento de 64% em relação ao ano anterior, movimentando 3,15 milhões de toneladas nos transportes de longo curso e cabotagem, contra 2,0 milhões em 2009. No longo curso foram movimentados 2,45 milhões de toneladas, enquanto a cabotagem registrou a movimentação de 700 mil toneladas.

 

O porto cearense movimentou 794 mil toneladas de carga geral, 1,33 milhão de carga  conteinerizada, 742 mil de granel líquido e 287 mil toneladas em granel sólido. A movimentação de contêineres (TEUS) registrou variação positiva de 20% em relação a 2009, quando foram transportados 138 mil, contra 167 mil no ano passado.

 

No quesito exportação foram transportadas 252 mil toneladas de frutas, 75 mil de minérios, 29 mil de alumínio, 22 mil de combustíveis minerais e 20 mil de calçados. As importações registraram a movimentação de 766 mil toneladas de produtos siderúrgicos, 720 mil de gás natural liquefeito, 103 mil de sal, enxofre, gesso e cimento, 53 mil de, máquinas e instrumentos mecânicos e 50 mil de minérios.

 

O Pecém foi utilizado por 529 navios nos doze meses do ano passado, o que representa uma elevação de 16% em relação ao mesmo período de 2009, quando 458 navios utilizaram o porto cearense nas suas operações.

 

Ranking Nacional

 

De acordo com os dados computados pela Secex – Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio a posição do Pecém consolidou-se entre todos os portos brasileiros, com liderança confirmada na exportação de frutas e calçados.

 

Pelo Pecém foram exportadas 252 mil toneladas de frutas durante os 12 meses do ano passado, o que representa uma participação de 37% do total dos portos brasileiros. Seguem-se os portos do Mucuripe, com 95 mil toneladas, Santos, com 92, Salvador (77 mil) e Natal (66 mil).

 

As exportações de calçados registraram a movimentação de 18 mil toneladas através do Pecém, representando 34% do total, seguindo os portos de Rio Grande com 16 mil, Santos com nove mil, Mucuripe (três mil) e Salvador (dois mil).

 

Na importação de produtos siderúrgicos a liderança nacional é do porto de São Francisco do Sul, com 1,175 milhões de toneladas e participação de 23%, seguindo-se os portos de Santos, com 952 mil toneladas, Pecém com 839 mil, Vitoria (460 mil) e Rio de Janeiro (354 mil).

 

Na importação de algodão o Pecém mantém o terceiro lugar, tendo importado 21 mil toneladas, contra 63 mil do porto de Itajaí, 22 mil do porto de Santos, 14 de Suape e 11 do porto de Vitória.

 

21.01.2011

 

Assessoria de Comunicação da Cearáportos:

Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com – (85) 3267.2525)