Cid Gomes entrega 108 casas para famílias do Rio Maranguapinho

9 de março de 2011

Cento e oito famílias que viviam em uma área de risco às margens do rio Maranguapinho recebem, nesta quinta-feira (10), casas novas no residencial Blanchard Girão, em Maracanaú (Parque Alto Alegre II, sem número, Travessa 15, esquina com rua 10).  Os imóveis de 52,45 metros quadrados contam com sala, três quartos, banheiro com sistema de descarga ecológica, cozinha e área de serviço. Além disso, todos os imóveis têm quintal. A entrega será feita pelo governador Cid Gomes, às 10 horas. 

 

O residencial Blanchard Girão recebeu um investimento total de R$ 1.983.812,47 e faz parte do projeto de reurbanização do rio Maranguapinho. Os recursos são do Governo do Estado e da União e compõem o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Pelo projeto Maranguapinho, um total de 9.422 famílias que moram nas   margens do rio serão reassentadas. As famílias que continuarem nas proximidades do rio também serão beneficiadas com as obras de urbanização que irão interligar à avenida Mister Hull e o 4º Anel Viário, em Maracanaú, com a construção de vias paisagísticas, ciclovias, calçadão, nas duas margens, além da implantação de equipamentos de lazer.

 

O projeto Rio Maranguapinho, maior intervenção urbana do País, irá beneficiar cerca de 350 mil pessoas de Fortaleza e de Maracanaú. Estão sendo executadas obras de dragagem, construção de conjuntos habitacionais, urbanização das margens do rio e barragem de contenção do rio para evitar alagamentos. Ao todo, estão sendo investidos R$ 497.548.859,29, do Governo Federal, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e do Governo do Estado.

 

Uma das principais etapas do projeto é a construção da barragem, entre os municípios de Fortaleza e Maracanaú. A obra ocupará 306,84 hectares, com capacidade de acumular um volume 9,3 milhões de metros cúbicos de água, que contribuirá para a redução da faixa de alagamento do rio em períodos de cheia, evitando que cerca de 20 mil famílias tenham as suas casas invadidas pelas águas do Maranguapinho.O valor do investimento é de R$ 77.353.592,16, com recursos do Governo do Estado do Ceará. Atualmente, 75% da obra estão concluídas.

 

Sobre José Blanchard Girão Ribeiro

 

O jornalista José Blanchard Girão Ribeiro começou a trabalhar aos 14 anos de idade como revisor da extinta Gazeta de Notícias. Com o tempo, percorreu as principais redações de jornais cearenses e ocupou as mais diversas funções chegando a editor-chefe. Blanchard Girão também foi diretor da rádio Dragão do Mar, entre a fundação, em 1958, e 1962, quando foi eleito deputado estadual. Com menos da metade do mandato, Blanchard Girão teve os direitos políticos cassados pelos militares e chegou a ser preso.

 

O jornalista, que também tinha formação no Direito, passou a exercer a advocacia e contribuía para jornais sem divulgar seu nome. Formado em  Letras, chegou a publicar mais de dez livros e deu aulas em um conceituado colégio de Fortaleza. Chegou, ainda, a ocupar a superintendência da Televisão Educativa (TVE) e a subsecretaria de Cultura e Desporto. Ele faleceu em 2007, aos 77 anos de idade, deixou a esposa Maria Cleide e  os quatro filhos: Luís Carlos, Ana Veruska, Marta Vanessa e Blanchard Filho.

 

09.03.2011

Assessoria de Imprensa da Secretaria das Cidades

Márcio Teles/Gisele Dutra (85 3101.4462 – 8603.0369)