Hospital do Sertão Central: Definição do local será segunda (9)

6 de Maio de 2011

Boa Viagem, Canindé, Quixadá e Quixeramobim estão em clima de mobilização para conquistar os votos dos outros 16 municípios que integram a nova quarta macrorregião de saúde do Estado para sediar o novo Hospital Regional do Sertão Central. A votação, com as presenças do governador do Estado, Cid Gomes, e do secretário da saúde, Arruda Bastos, está marcada para segunda-feira (9), às 9 horas, no Centro de Convenções, em Fortaleza, Avenida Washington Soares, 1141. Os quatro municípios que disputam a localização do hospital, que terá perfil terciário semelhante ao Hospital Regional do Cariri, já inaugurado, não votam. O peso dos votos é proporcional a população de cada um dos 16 municípios votantes. A eleição é aberta. Vence o município que tiver a maioria absoluta dos votos.

 

No último dia 11 de abril, o Governador, com o interesse de envolver a população na escolha da localização do novo hospital regional, recomendou aos prefeitos que mobilizassem as câmaras municipais de vereadores e os conselhos de saúde. Na ocasião ele afirmou: “Queremos com isso ter uma posição oficial da maioria dos vereadores e uma deliberação dos conselhos de saúde, que representam o controle social, sobre a opinião de sediar o novo equipamento de saúde”. Os conselhos de saúde são formados por usuários de saúde, trabalhadores e gestores.

Assim como numa campanha eleitoral, no encontro do dia 11 de abril, os prefeitos dos municípios de Boa Viagem, Canindé, Quixadá e Quixeramobim, falaram do Hospital Regional do Sertão Central como uma importante bandeira para a saúde da população e também para promoção do desenvolvimento da região. Os prefeitos tiveram, igualmente, 15 minutos para fazer a defesa do seu município. Além da localização geográfica, mostrando facilidade de acesso ao hospital, os gestores municipais destacaram a infraestrutura, a rede de saúde, os atrativos culturais, turÍsticos e religiosos, despertando nas torcidas, constituídas de conselheiros de saúde, secretários municipais de saúde, coordena dores de regionais de saúde, vereadores, aplausos e até coros de músicas ensaiadas.

 

“O processo de disputa e eleição de qual município sediará o novo hospital é uma inovação do governo do Estado, que democratiza a discussão e a decisão de ampliar a rede de assistência à saúde”, disse o secretário Arruda Bastos. Ele informa que a inovação surge com a criação da nova quarta macrorregião de saúde para que os problemas de saúde da população, da alta complexidade, sejam resolvidos na própria região, mais perto de onde as pessoas moram. O Sertão Central é a terceira região a receber um hospital de alta complexidade do governo do Estado. Além do Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, está em  construção e deve ficar pronto até o final deste ano o Hospital Regional Norte, em Sobral.

 

06.05.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)