Metrô do Cariri vence prêmio nacional de sustentabilidade

17 de Maio de 2011

O Metrô do Cariri, projeto do Governo do Estado do Ceará, foi o vencedor do Prêmio GreenBest 2011, na categoria Transporte, pela votação popular. O prêmio, criado pela empresa Greenvana, na categoria na qual o modelo cearense foi vencedor, reconhece iniciativas de transporte urbano consideradas limpas, que contribuem para a preservação do meio ambiente. O anúncio dos ganhadores foi feito nesta terça-feira (17). A votação popular foi realizada online no site www.greenbest.com.br.

 

Na eleição do Júri Popular, o VLT do Cariri venceu dois modelos de ônibus movidos a hidrogênio, um do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); e outro da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP). Já pela votação da Academia GreenBest, o vencedor foi o modelo do Rio.

 

O Prêmio GreenBest 2011 é um reconhecimento ao projeto do Governo do Ceará que requalificou o transporte ferroviário de passageiros no interior do Estado. Executado pela Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos – Metrofor, vinculada à Secretaria da Infraestrutura do Estado, o VLT do Cariri foi inaugurado no dia 1º de dezembro de 2009. O serviço de transporte liga as duas principais cidades da Região Sul do Estado, Juazeiro do Norte e Crato, ao longo de 13,6 quilômetros.

 

 

 

O sistema é operado com veículos leves sobe trilhos (VLTs), que estão ganhando o mundo como uma solução inteligente na área de transporte e de menor impacto ambiental. O VLT do Cariri foi implantado para aproveitar ao máximo a malha ferroviária então existente, o que implicou na redução do número de dormentes usados. O transporte também usa biosiesel, combustível ecologicamente mais correto, e apresenta índices baixos de poluição sonora.

 

 

 

Os VLTs que operam no Cariri usam uma tecnologia local, visto que são fabricados pela Empresa Bom Sinal de Barbalha. A fabricação das composições estimulou a indústria ferroviária nacional, que não produzia novos trens desde a década de 1970.

 

 

 

O gerente de Controle e Tráfego da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos – Metrofor, Antonio Chalita de Figueiredo, diz que o Metrô do Cariri trouxe melhorias significativas à qualidade de vida da população da Região. “Os usuários ganharam um sistema seguro, limpo e confortável dando a oportunidade de melhorar o direito de ir e vir. A implantação das estações trouxe uma melhora significativa da região em que ela se encontra, criando praças e acessos urbanizados que hoje é utilizado pela população lindeira”, diz.

 

 

 

Assessoria de imprensa do Metrô de Fortaleza

 

Viviane Lima (viviane@metrofor.ce.gov.br – 3101.7183 ou 8724.2147)