Cid Gomes visita o Hospital Regional do Cariri

10 de junho de 2011

O governador Cid Gomes, acompanhado do secretário da Saúde, Arruda Bastos, visita neste sábado, (11), às 10 horas, o Hospital Regional do Cariri, construído pelo Governo do Estado em Juazeiro do Norte para atender a população de 44 municípios da macrorregião. Com os serviços de ambulatório cirúrgico, ultrassonografia, exames laboratoriais, o HRC iniciou o atendimento no último dia 23 de maio. De acordo com o cronograma de funcionamento, outros serviços já estão sendo realizados. Destaques para os exames de ressonância magnética, tomografia. Esses modernos exames, além de em endoscopias, já fazem parte da rotina do HRC.

E facilitar o acesso dos moradores, na própria região, aos exames para diagnóstico de casos de alta complexidade é uma das missões do hospital. Até 20 dias atrás,antes do início do funcionamento do hospital, a população do Cariri só tinha acesso ao exame de ressonância magnética vindo para a capital e, na rede pública, somente no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Na rede privada o exame varia de R$1.000,00 a R$1.200,00.

Como unidade especializada, de alta complexidade, o HRC recebe pacientes encaminhados pelos municípios através da Central de Regulação do estado. Até ontem, 10, havia atendido moradores de 16 municípios da macrorregião. O atendimento é de casos que não são resolvidos nas Unidades Básicas de Saúde, mais conhecidas como postos de saúde, e secundárias dos municípios.

Especialidades

Entre as especialidades que estão no perfil de assistência terciária do HRC, estão a cirurgia geral, já com 23 cirurgiões contratados, traumo-ortopedia, cirurgia vascular, cardiologia, urologia,clínica médica, mastologia, proctologia, gastroenterologia, oftalmologia, cirurgia buxo-maxilo-facial, neurologia. No total, hoje há 107 médicos contratados.

Interior

O HRC é o primeiro hospital construído pelo governo do Estado no interior do Ceará. As obras foram concluídas em dois anos, iniciadas em fevereiro de 2009, com término em fevereiro deste ano, um investimento de R$105 milhões. Com o HRC, a estrutura da Sesa passa a ter nove hospitais. Oito na capital. Mais dois atenderão a população do interior. Até o final deste ano fica pronto em Sobral, o Hospital Regional Norte, e será construído em Quixeramobim o Hospital Regional do Sertão.

 

10.06.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)