Governo apresenta novas tecnologias na PEC Nordeste

13 de junho de 2011

Nos dias 13 a 16 de junho, no Centro de Convenções de Fortaleza, o Governo do Estado apresentará na PEC Nordeste 2011 as inovações desenvolvidas no Ceará e o apoio que tem dado aos produtores e empresários locais. Além do XV Seminário Nordestino de Pecuária também acontece a XV Feira de Produtos e Serviços Agropecuários.

 

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), irá apresentar o projeto Intercaju, que tem desenvolvido a cajucultura no Interior, com a implantação de ferramentas tecnológicas para a produção e comercialização do fruto. A iniciativa tem contribuído para a inclusão social, competitividade econômica em micro e pequenas empresas e a agricultura familiar nos Vales do Curu e Aracatiaçu e Maciço de Baturité, regiões têm a cajucultura como uma das principais atividades econômicas.

 

Já a Fundação Núcleo de Tecnologia do Ceará (Nutec) vai expor uma mini-usina de bancada e fará demonstrações da produção de biodiesel a partir de matérias-primas vegetais e animais. O público também poderá conhecer os benefícios de produtos inovadores no mercado provindos de empresas incubadas no Nutec, como o chá da graviola utilizado para combates de doenças e a cajuína orgânica, com um processo de fabricação diferenciado. Ainda no estande do Nutec, os industriais interessados em melhorar seus produtos se informarão sobre o projeto Sibratec, que visa prestar apoio gratuito aos empresários cearenses nas áreas de gestão e produtos.

 

O Instituto Centec mostrará a comunidade visitante várias ações que são desenvolvidas pela instituição através dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs), dos Centro Vocacionais Técnicos (CVTECs) e Faculdades de Tecnologia Centec. Os interessados na fabricação de mel poderão passar no estande para conhecer o kit apicultura, saber os detalhes sobre a colmeia de observação e as etapas relativas às boas práticas de manejo do mel nos quais o Centec tem experiência em 68 municípios do Ceará. O CVT da cidade de Beberibe apresentará um projeto que reduz os custos dos medicamentos, dando acesso a população mais pobre à tratamentos, através de produtos fitoterápicos como o xarope de hortelã rasteira e a pomada de cofrei. Do município de Tauá, os colaboradores apresentarão apoio técnico e logístico que é dado aos produtores de ovinocaprinocultura.

 

Para quem deseja investir em pesquisa e inovação nas empresas, pode buscar informações no estande da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico-Funcap. Lá, técnicos informarão sobre iniciativas disponíveis no Estado para este fim, dentre eles o Fundo de Inovação Tecnológica (FIT) e o Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (Pappe).

 

As novidades relacionadas à agropecuária estarão no estande da Secretaria do Desenvolvimento Agrário – SDA. Através da Coordenadoria de Apoio às Cadeias Produtivas da Pecuária serão apresentados os projetos de desenvolvimento sustentável da agricultura familiar voltados para a bovinocultura e caprinocultura. Em uma parceria com o Governo Federal, os visitantes poderão saber mais detalhes acerca do Leite Fome Zero, um programa de incentivo à produção e comercialização de leite bovino e caprino. Vinculada à SDA, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), vai expor os sintomas das principais doenças nas áreas animal e vegetal.

 

Vinculada à Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS estará a Ceart oferecendo oficinas de couro, bijouteria em sementes, talo de carnaúba, ministrando a palestra “Artesanato e a preservação do meio ambiente” e disponibilizando uma feira para promover a comercialização de 15 artesãos que trabalham com a filosofia do mercado justo e têm a estrutura mantida pelo Governo do Estado.

 

A PEC Nordeste é promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará- Faec, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil- CNA, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar e Serviço de Apoio a Micro Pequenas e Médias Empresas- Sebrae. O público é formado por produtores, empresários, técnicos, estudantes e pesquisadores.

 

 

 

13.06.2011

 

Assessora de Comunicação do Nutec- ASSCOM/ NUTEC

Arinne Oliveira (arinne.oliveira@nutec.ce.gov.br / 3101.6925)