Termografia é usada no diagnóstico da dor no HGF

16 de junho de 2011

Desde o início deste ano, pacientes do SUS estão tendo acesso no ambulatório da Dor do Hospital Geral de Fortaleza a tratamento com acupuntura termoguiada. Se antes, ainda havia dúvida sobre que pontos deveriam ser estimulados pelas finas agulhas, agora o médico acupunturista Eristow Nogueira afirma que com o uso do termógrafo é possível ir direto aos pontos que concentram as inflamações.

 

Os pontos tratados por acupuntura não são normalmente identificados em exames como ultrassonografia, ressonância magnética ou radiografia. A termografia permite o mapeamento térmico de todo o corpo mostrando as alterações de temperatura e ajudando ao acupunturista na escolha da melhor combinação de pontos para conseguir os melhores resultados. Para o médico Eristow Nogueira, o uso do termógrafo tem possibilitado que o tratamento com acupuntura promova o alívio da dor com o uso de menos agulhas e em menos tempo.

 

São tratados com a nova técnica pacientes que sofrem de enxaqueca, artrite, artrose, fibromialgia e dores de coluna, entre outros. Os pacientes são encaminhados de outros ambulatórios do próprio HGF para o tratamento. O atendimento acontece sempre às segundas-feiras, pela manhã, e às terças e sexta-feiras, no período da tarde.

 

A termografia aplicada à acupuntura é uma iniciativa pioneira no Brasil, antes utilizada apenas na área de oncologia. No HGF, há seis meses, 70 pacientes com enxaqueca, fibromialgia, artrite, artrose, dores na coluna e outras doenças, foram atendidos, e cerca de 25 já tiveram alta. Para iniciar o tratamento, é necessário que o paciente tenha sido encaminhado por outro médico para o Ambulatório da Dor. Cada sessão dura cerca de 30 minutos e o número de consultas depende do nível de dor.

 

A termografia aplicada à acupuntura é uma iniciativa pioneira no Brasil, antes utilizada apenas na área de oncologia. No HGF, há seis meses, 70 pacientes com enxaqueca, fibromialgia, artrite, artrose, dores na coluna e outras doenças, foram atendidos, e cerca de 25 já tiveram alta. Para iniciar o tratamento, é necessário que o paciente tenha sido encaminhado por outro médico para o Ambulatório da Dor. Cada sessão dura cerca de 30 minutos e o número de consultas depende do nível de dor.

 

Entendendo a termografia de infravermelho

 

A termografia de infravermelho é hoje o mais avançado recurso tecnológico para localização exata de pontos e áreas com alterações inflamatórias causadoras de quadros dolorosos e suas repercussões. Utiliza-se uma câmera especial de infravermelho capaz de captar o calor que emana do corpo com a precisão de até 0,06°C. Não há contato físico e o exame não interfere no funcionamento do organismo. Além disso, a técnica não é invasiva de modo que o paciente não é exposto a radiação, nem tampouco necessita de contraste venoso de qualquer substância para se obter uma melhor imagem. A técnica é usada no acompanhamento do paciente, revelando o desaparecimento das áreas antes inflamadas, já que as imagens podem ser comparadas a cada retorno do paciente.

 

Uso da termografia na medicina

 

Inicialmente, o uso dos termógrafos estava restrito a procedimentos militares para visualização de imagens durante a noite. Após a segunda guerra mundial, o físico canadense Ray Lawson passou a utilizar a técnica da termografia para experimentos médicos. Podem ser encontrados trabalhos sobre termografia na área de saúde desde 1960, sendo primeiramente utilizado na oncologia. Hoje, já existem cursos de Termologia Clínica no Brasil promovidos pela Sociedade Brasileira de Termologia. Mas ainda não são oferecidos no país cursos de termologia associados à acupuntura.

 

O médico acupunturista Eristow Nogueira usa a técnica desde 2006 em seu consultório e desde o início deste ano no Hospital Geral de Fortaleza, com excelentes resultados em 90% dos pacientes. Atualmente, ele é consultor em acupuntura para a Revista VirtualMed – http://issuu.com/virtualmed/docs/virtualmededicao1 

 

16.06.2011

Assessoria de Imprensa do HGF

Gilda Barroso (85 3101.7086)