Município de Jardim receberá viveiro de mudas

22 de junho de 2011

O Governo do Estado do Ceará, por meio do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), entrega nesta sexta-feira (24) à população do município de Jardim um viveiro de mudas que servirão para o reflorestamento e para projetos de arborização na Região do Cariri.

 

A construção do viveiro faz parte do projeto “Produção de Mudas para Reflorestamento”, contido no Programa de Proteção dos Recursos Ambientais, dentro do Plano Plurianual (PPA) do Estado. Além do município de Jardim, os municípios de Acopiara (Centro-Sul), Campos Sales (Centro-Sul), Croatá (Norte), Cruz (Litoral Oeste), General Sampaio (Curu), Ocara (Maciço de Baturité) , Ubajara (Ibiapaba) e Tauá (Inhamuns) também serão contemplados com os viveiros, que, juntos, somam investimentos da ordem de R$1 milhão.

 

“Este projeto propõe disseminar a prática da reprodução vegetal de forma técnica e organizada e dotar as regiões administrativas do Estado de pessoal qualificado para produção de mudas nativas, com ênfase nas que estão em processo de extinção, frutíferas e medicinais para ações de reflorestamento, de recuperação de áreas degradadas e de educação ambiental e administração de viveiros”, explica o presidente do Conpam, Paulo Henrique Lustosa.

 

De acordo com ele, a construção dos viveiros é de fundamental importância para os municípios cearenses, em função das “ações de reflorestamento proporcionarem entre vários benefícios ambientais, maior infiltração das águas, resultando na recuperação de nascentes, da biodiversidade e de ecossistemas naturais, além de retenção dos solos com redução do assoreamento dos corpos d’água e prevenção dos processos de erosão e desertificação”.

 

Quanto às áreas urbanas, Paulo Henrique ressalta que a arborização exerce papel de vital importância para a qualidade de vida das cidades. A arborização urbana atua diretamente sobre o microclima, a qualidade do ar, o nível de ruídos, a paisagem, além de constituir refúgio indispensável à fauna remanescente nas cidades.

 

“Pela redução da incidência direta da energia e do aumento da umidade relativa do ar, a arborização pode contribuir para a redução de até 4ºC de temperatura, agindo decisivamente para atenuação das chamadas ilhas de calor, áreas de ocorrência das temperaturas mais elevadas durante o dia, especialmente nas zonas de maior poluição do ar”, detalha o presidente.

 

Brigadas – Na ocasião, o presidente do Conpam também entregará ao município de Jardim, kit de combate aos incêndios florestais, que servirá para equipar a brigada formada no município pelo Conpam, em parceria com o Prevfogo e Corpo de Bombeiros.

22.06.2011
Assessoria de Imprensa do Conpam
Ranne Almeida (rannealmeidasilva@gmail.com / 3101.1233)