Rede de Extensão Tecnológica do Sibratec tem início no Ceará

29 de junho de 2011

As micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) do Estado terão mais um apoio na assistência técnica especializada em seus processos de Inovação. É que a Rede de Extensão Tecnológica do Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec) começa a ser iniciada no Ceará. O lançamento oficial será nesta quinta-feira (30), no Auditório do BNB/Passaré, a partir das 8h30min.

O Sibratec é uma iniciativa prevista no Plano Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional com três componentes: Extensão Tecnológica, Serviços Tecnológicos e Centros de Inovação. No total, serão investidos R$ 2.423.867,00. Do montante de recursos aplicados, 70% são da Finep – R$ 1.857.133,00, e o restante, R$ 566.734,00, vem como contrapartida das entidades parceiras.

A Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec), vinculada à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), é a responsável pela coordenação técnica do Sibratec. Secitece, Sebrae/CE e Banco do Nordeste são intervenientes e cofinanciadores da ação. Instituto Centec, INDI-FIEC, IFCE, FCPC, UFC e Agropólos atuam como instituições executoras.  A Secitece terá papel fundamental na gestão do Sibratec, já que atua como coordenadora do Sistema Local de Ciência, Tecnologia e Inovação”, comenta o secretário René Barreira.

A Rede Sibratec tem como proposta estruturar uma rede de extensão tecnológica no Estado do Ceará para promover assistência técnica especializada ao processo de inovação das MPMEs, através da melhoria da qualidade da gestão, produtos e processos e da transferência de inovação tecnológica, visando um aumento da competitividade no mercado interno e externo.  Serão beneficiadas 240 MPMEs cearenses nos segmentos da agroindústria, indústria química, têxtil, vestuário e confecção, tendo como foco produtos e processos de produção.

29.06.2011

Assessora de Imprensa da Secitece

Simplícia Vianna (plicia@a2online.com.br / 85 8833.3217)