Fumacê vai combater dengue em 25 bairros da capital até sexta-feira (08)

4 de julho de 2011

A Base Central de Ulta Baixo Volume da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) iniciou nesta segunda-feira (04), mais uma etapa da programação de pulverização espacial UBV (fumacê) para o combate ao mosquito da dengue. Até a sexta-feira (08), o fumacê percorrerá 25 bairros, cobrindo um total de 3.761 quarteirões, nos horários de 5 às 8h30min e 16h30min às 20 horas.

O controle químico do mosquito é feito com inseticidas fornecidos exclusivamente pelo Ministério da Saúde e deve ser utilizado somente em situações de emergência e de forma racional e segura. A aplicação do inseticida provoca o desalojamento do mosquito adulto e o atinge em pleno voo, única forma de ter eficácia. A ação do produto só é efetiva quando o inseticida está em suspensão no ar e só mata o mosquito adulto. O inseticida não mata as larvas do Aedes aegypti, que estão em caixas d’água, potes, baldes, pneus, lajes. Com a ventilação a uma velocidade de 6 Km/h, a ação do produto dura de 40 minutos a uma hora e meia.

A Sesa confirmou na última sexta-feira (01), pelo boletim semanal da dengue, a ocorrência de 34.649 casos da doença no Ceará em 2011. Em Fortaleza foram confirmados 78 casos de dengue hemorrágica, com cinco óbitos, enquanto no interior do Estado foram confirmados 63 casos e seis óbitos. A dengue com complicação registra 170 casos em Fortaleza, com 17 óbitos, e 180 casos no interior, com 23 óbitos.

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)