ProEstradas conclui primeiros 30 dias de recuperação da malha viária

5 de julho de 2011

O Programa de Restauração das Estradas do Ceará (ProEstradas 2011) completou 30 dias de execução confirmando as perspectivas de concluir seus serviços dentro do prazo de 100 dias estipulado pelo Governo do Estado. “As chuvas que caíram no Ceará em maio e junho, especialmente nas regiões de Quixeramobim e Aracoiaba, dificultaram as ações. Mesmo assim a primeira fase ultrapassou os 95% de execução de serviços como tapa-buracos, roço, limpeza, drenagem e caiação, não devendo provocar atrasos nos trabalhos em geral”, ressaltou Sérgio Azevedo, superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), órgão vinculado à Seinfra.

 

O Programa de Restauração das Estradas do Ceará (ProEstradas 2011), foi lançado pelo Governo do Estado em 23 de maio com o objetivo de melhorar, em um prazo de 100 dias, mais de 600 km de rodovias estaduais danificadas pelas chuvas ou tráfego pesado. A primeira fase de trabalhos foi encerrada com 95,28% executado. Os dados podem ser acompanhados pelos sites do Governo do Estado (www.ceara.ce.gov.br) ou da Secretaria da Infraestrutura (www.seinfra.ce.gov.br) e em www.der.ce.gov.br. Estão sendo investidos no Programa cerca de R$ 84,5 milhões.

 

A primeira fase teve prazo de 30 dias para execução e incluiu trabalhos como tapa-buracos, caiação, roço, limpeza e drenagem superficial nos quais foram investidos R$ 7,1 milhões. Dentre as estradas estaduais beneficiadas nessa fase está o trecho CE-122 (Quixadá)-entroncamento com CE-359 (Ibaretama) que recebeu serviços em seus 25 km de extensão.

 

Enquanto isso, os serviços com previsão de conclusão em 60 dias continuam avançando e já registram 40,35% de execução nos quais deverão ser aplicados R$ 5,4 milhões nas melhorias. Os serviços revitalizam estradas como o CE-040 no entroncamento com a CE-352 em Beberibe, com 10,4 km de extensão, dos quais 80% dos trabalhos de limpeza, drenagem superficial e caiação já foram concluídos.

 

O Proestradas 2011 consta de três etapas: a primeira etapa recebeu recursos da ordem de R$ 10,8 milhões e é destinada à manutenção da trafegabilidade, constando de operação tapa-buraco, roço mecanizado e pinturas. O segundo momento é voltado para a recuperação da rede viária, com serviços mais complexos, como drenagens, recapeamentos e reconstrução de trechos maiores. Para esta fase, serão aplicados R$ 73,7 milhões.  A terceira etapa, esta sem nenhum erário para os cofres estaduais, refere-se à correção de 13 trechos rodoviários concluídos há alguns meses e que sofreram algum tipo de dano.

 

Saiba mais:

 

-Cerca de 1.450 homens trabalham diretamente nos serviços do ProEstradas;

 

-Os Distritos Operacionais (DO) do DER que atendem aos municípios das regiões de Itapipoca, Santa Quitéria e Crateús foram os que mais apresentam avanços nos serviços.

 

05.06.2011

Assessoria de Imprensa da Seinfra

Marcos Cavalcante / Luiz Guedes (85)3216.3763/65

Twitter: @seinfrace