Moradores das margens do Eixão recebem água tratada

11 de julho de 2011

Uma população de 4.450 pessoas, habitantes de pequenas comunidades localizadas às margens dos trechos 1, 2 e 3, que medem 210 quilômetros de extensão, do Eixão das Águas está sendo abastecida com água potável tratada . Ela é captada de adutoras flutuantes sobre o próprio Eixão, o qual liga a Barragem Castanhão à Região Metropolitana de Fortaleza e, ainda este ano, abastecerá também o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, quando estarão concluídos os trechos 4 e 5. Os investimentos chegam a R$ 3,8 milhões em recursos financeiros provenientes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop).

 

 

Atualmente, os moradores atendidos somam 1.074 de Alto Santo, 294 de Cascavel, 43 de Chorozinho, 2.065 (região jaguaribana) de Morada Nova, 572 de Ocara e 198 de Russas. As comunidades beneficiadas pelo programa de abastecimento ao longo do Eixão das Águas são: Boqueirão do Cunha, Umari, Xique-Xique, Caraúbas e Poço do Barro no município de Alto Santo; Baixio dos Macacos, em Cascavel; Choró Mucambo I e II, Chorozinho; Sítio Jurema, Vaquejador I e II, Lagoa dos Bois, Felipa de Baixo, Sítio Exú, Lagoinha Pé da Serra, Siriema, Jatobazinho, Lagoa dos Touros, Serrote João Alves, Belfor Roxo I e II, Sítio Lagoa do Juca, Vila de Lajeto e Zacarias de Morada Nova, em Morada Nova; Parelhas I e II, Vila Quincas e Sete de Setembro II, em Ocara, e Piauí de Dentro, em Russas.

 

 

Mais habitantes serão beneficiados com água tratada na proporção em que ao Projeto para Abastecimento de Águas de Águas nas Comunidades Situadas na Área Atravessada pelo Eixão for executado, conforme os estudos e destinações financeiras e técnicas.

 

 

11.07.2011

 

Assessoria de Imprensa da SRH

Wilson Pinto (wilson@shr.ce.gov.br / 85 3101.4056)