Saúde: Diretores de unidades conhecem atribuições da SRU

11 de julho de 2011

Nesta terça-feira (12) diretores de todos os hospitais e unidades que integram a rede da Secretaria da Saúde do Estado conhecem os eixos de atuação e atribuições da nova Superintendência de Apoio à Gestão da Rede de Unidades de Saúde. A SRU foi criada por decreto do governador Cid Gomes, publicado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (8). A apresentação será feita pelo secretário da saúde do Estado, Arruda Bastos, às 8 horas, no auditório Waldir Arcoverde da Sesa, na avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema.      

 

Antes de apresentar as atribuições da SRU, que na estrutura organizacional da Sesa responde  hierarquicamente à direção superior, Arruda Bastos vai destacar os fatores que impulsionaram a implantação da nova superintendência: expansão da rede de unidades na Capital e no Interior e implantação de novos modelos de gestão. Em Fortaleza, o número de hospitais e unidades ambulatoriais, além de ampliados e reformados, aumentou. O Hospital Geral da Polícia Militar José Martiniano de Alencar saiu da Secretaria de Segurança e foi incorporado à rede de unidades da Sesa. Será construído o Hospital Metropolitano, no eixo do estádio Castelão.

 

Hospital Regional do Cariri

 

No Interior, está sendo estruturada pelo governo do Estado uma das maiores redes de assistência à saúde do país, com 22 policlínicas (três inauguradas), 18 Centros de Especialidades Odontológicas regionais (oito inaugurados) , além do Hospital Regional do Cariri, já em funcionamento, o Hospital Regional Norte, em conclusão, o Hospital Regional do Sertão, que será construído em Quixeramobim. O governador também já anunciou a construção do Hospital Regional do Maciço.

CEO regional em Juazeiro do Norte

 

O crescimento do número de hospitais e unidades, planejado para facilitar e ampliar o acesso aos serviços de saúde à população, veio acompanhado da diversificação de modelos de gestão. Além da administração direta, os   modelos de gerência dos consórcios públicos estão em plena aplicação nas novas policlínicas e CEOs regionais. O modelo de Organizações Social foi adotado no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.  

 

A nova SRU tem dois eixos básicos: apoio às diretoriais e  monitoramento, controle e avaliação da gerência de todas as unidades da rede Sesa, independente do modelo adotado de administração. São eixos com objetivo bem definido: apoiar a profissionalização da gestão para a assistência à população ser cada vez mais qualificada e humanizada.

 

11.07.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa
Selma Oliveira – (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)