Reunião discute procedimentos de licenciamento para a Copa 2014

12 de julho de 2011

Na manhã desta terça-feira (12), representantes do grupo técnico da Copa 2014 da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), formado com objetivo de atender e dar celeridade aos projetos do evento, estiveram presentes em reunião da Secretaria Especial da Copa 2014 (Secopa). Em pauta, a discussão de questões para a realização de projetos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 no Ceará. Na ocasião, eles se reuniram com o secretário especial da Copa 2014, Ferrucio Feitosa, e técnicos da Secopa, além de representantes do Consórcio Castelão, responsável pela obra.

 

A Semace tem o papel de promover uma interlocução entre os responsáveis pela concepção e execução dos empreendimentos. De acordo com a Assessoria de Desenvolvimento Institucional (Adins) do órgão ambiental, o objetivo é de responder com agilidade, transparência e eficiência em todos os aspectos relacionados ao licenciamento das obras do projeto.

 

Ainda segundo a Adins, durante os trâmites serão considerados fatores como a obrigatoriedade de prestar informações relacionadas à estrutura de Acompanhamento de Projetos da Copa de 2014, vinculada ao Ministério do Esporte, por intermédio de um monitoramento adequado e criterioso dos processos de licenciamento ambiental. “Vamos permitir dar transparência aos estágios de andamento dos processos, buscando esforços e alternativas para o desenvolvimento sustentável do Estado em prol do tão esperado acontecimento”, reforça a assessora da Adins da Semace, Sonia Sousa.

 

 

Saiba mais

 

– Mais de 20% das obras do Estádio Castelão já foram concluídas. De acordo com secretário especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, a arena de Fortaleza é a mais adiantada dentre as 12 sedes.

– O projeto do Veículo Leve sobre Trilho (VLT) encontra-se em processo de licenciamento.

– A reforma, ampliação, modernização e adequação do Castelão segue o modelo de construção sustentável e encontra-se totalmente licenciado e certificado.

– Todo o material fruto das demolições estão sendo reciclados no próprio Estádio e serão reaproveitados na pavimentação do novo estacionamento.

– O Castelão contará com sistema eficiente de reaproveitamento da água da chuva para a irrigação do campo e para os sanitários.

– Está sendo realizado um estudo de viabilidade para verificar a possibilidade do uso alternativo de energia solar no projeto do estádio.

– A Semace mantém o controle ambiental, por meio do licenciamento, fiscalização, monitoramento e acompanhamento jurídico.

12.07.2011

Assessoria de Imprensa da Semace

Ana Luzia Brito ( ana.luzia@semace.ce.gov.br / 85 3101.5554 / 8653-8337)

twitter:@semace