Treinamento deixa 200 médicos mais preparados para diagnóstico de meningite

14 de julho de 2011

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) e a Secretaria da Saúde de Fortaleza realizamo nesta sexta-feira (15), e na próxima segunda-feira (18), treinamentos para atualizar e alertar médicos sobre o diagnóstico de meningite. No total, 200 médicos de hospitais da rede pública e do Programa Saúde da Família (PSF) serão treinados. A primeira turma do “Treinamento no diagnóstico oportuno de meningite” reunirá 50 médicos, das 8 às 12 horas da sexta-feira, no hotel Mareiro (Avenida Beira -Mar – 2380). A segunda e terceira turmas reúnem na segunda-feira grupos maiores, cada uma com 80 médicos. A primeira das 8 às 12 horas e segunda turma fará o treinamento das 13 às 17 horas.

 

Além de capacitar médicos, a Sesa, preocupada em proteger a saúde da população, lançou no último dia 5 uma nota de alerta para todos os profissionais de saúde. Este ano foram registrados no Estado 37 casos de meningite meningocócica no Estado, com 12 óbitos. Na nota, a Secretaria chama a atenção para medidas de prevenção e controle da doença. Destaca os sinais e sintomas da meningocococemia, forma grave da doença: febre, dores articulares e/ou dores no corpo, estado geral comprometido, evoluindo com o aparecimento de petéquias (manchas). A Sesa adverte que a transmissão dos agentes bacterianos, que provocam meningites, é de pessoa a pessoa. A transmissão corre através das vias respiratórias por gotículas e secreções a partir de contatos próximos ou contato direto com as secreções respiratórias do paciente.

 

14.07.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)