Maquete do Castelão será submetida a testes de impacto dos ventos

19 de julho de 2011

Durante três dias, a maquete do projeto do estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão, para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, passará por testes para medir o impacto dos ventos sobre a cobertura. As simulações tiveram início nesta quarta-feira (20) e serão realizadas até sexta-feira (22) pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo. O objetivo é simular a ação dos eventos naturais, medindo seus efeitos sob a estrutura. “Levando em consideração a área da cobertura de 32.000 m2, o teste é de extrema importância para que possamos verificar o comportamento da coberta e com isso refinar o calculo estrutural”, explica o Secretário Especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa.

De acordo com o Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, toda a arena foi projetada e calculada com base em dados técnicos que dão a dimensão da força dos ventos aplicada sobre a obra. Dados da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) mostram que, em algumas épocas do ano, Fortaleza chega a registrar ventos de 60 quilômetros por hora. A coberta do estádio, quando submetida a esses ventos, fica sujeita a fortes vibrações. No IPT, a simulação no Túnel de Vento irá indicar onde os ventos exercem mais força e quais elementos estruturais precisam ser reforçados. A partir desses dados, é feito um comparativo planejado e os resultados
do teste.

Preparativos para o Mundial

Futuro palco dos jogos da Copa de 2014 em Fortaleza, o estádio Castelão segue a todo vapor com sua transformação. Iniciada em 13 de dezembro de 2010, atualmente mais de 700 operários trabalham em três turnos na obra, que já está com suas quatro etapas em andamento. A previsão é de que a primeira etapa – que inclui a primeira fase do estacionamento, o novo prédio da Secretaria do Esporte do Estado e parte da praça externa – seja entregue em agosto deste ano.

Em 12 de junho, houve ainda a antecipação da terceira etapa com a implosão de parte da arquibancada oeste, que estava prevista para setembro. No local, será construído o Edifício Central, onde funcionará todo o sistema de inteligência, com áreas vips, mídia center, monitoramento e vestiários, entre outros. De acordo com o Consórcio Construtor, a obra chegará a apresentar entre 45% e 50% de conclusão em dezembro deste ano. No dia 1 de julho, uma comitiva técnica da FIFA veio a Fortaleza e classificou como excelente o planejamento, o controle e a condução da obra do Castelão.

Detalhes do projeto

Entre os principais pontos do projeto está a aproximação da área que separa o acesso dos torcedores sentados nas cadeiras inferiores do gramado. Com a reforma, essa distância cairá dos atuais 40 para 10 metros. Também serão realizadas mudanças nas cabines de imprensa, camarotes, vestiários, túneis de acesso ao campo, e nas cadeiras do estádio, que serão retráteis, entre outros pontos. Além disso, o estádio contará com um novo estacionamento para 1900 veículos.

Outro destaque é a coberta que protegerá 100% dos torcedores de sol e chuva e irá ajudar substancialmente a qualidade da imagem das transmissões televisivas. Além disso, serão construídos um restaurante, mídia center, área de hospitalidade, lounge e área VIP. Todas as mudanças atendem às exigências do caderno de encargos da FIFA.

Etapas da Obra
ETAPA 1 – Edifício-sede da Secretaria do Esporte do Estado e primeira etapa do Estacionamento Coberto 1;
ETAPA 2 – Segunda etapa do Estacionamento Coberto 2;
ETAPA 3 – Edifício Central;
ETAPA 4 – Conclusão, disponibilização e início da operação da
totalidade do Estádio.

Informações à imprensa:
Lisiane Linhares e Raquel Mourão
Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial da Copa 2014
(85) 3295.1927 | 8778.0024

Em São Paulo: Leila Reis – RLC Press
(11) 3673.4452 / (11) 9170.4876

19.07.2011

Coordenação de Comunicação – Secretaria Especial da Copa 2014 do Estado do Ceará
Lisiane Linhares +55 85 8778.0024
lisiane@secopa.ce.gov.br