UECE integra projeto bilateral de pesquisa Brasil / África

26 de julho de 2011

O projeto bilateral entre pesquisadores da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e da Universidade de Botswana (África Austral), voltado para a sustentabilidade alimentar e suprimento de bioenergia de comunidades rurais situadas em áreas interioranas do Nordeste do Brasil e de Botswana, começa a ser desenvolvido. Para dar início às pesquisas, três professores da Uece seguem para África, no próximo dia 17 de agosto, para se encontrar com os quatro estudiosos da Universidade de Botswana envolvidos nesse projeto, que faz parte do Programa de Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação com Países da África – Proafrica.

O projeto bilateral tem como título “Sustentabilidade em Alimentos e Bioenergia em Comunidades Rurais – elaboração de estudos e diagnósticos comparativos no Brasil e Botswana” e é de autoria da Profa. Dra. Déa de Lima Vidal, Coordenadora do Laboratório do Semiárido da Faculdade de Veterinária (FAVET-Uece). Ele está entre os 20 projetos brasileiros selecionados, recentemente, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para participar do Proafrica. A cooperação entre os dois países vai viabilizar visitas de pesquisadores do Brasil a Botswana, e, vice-versa, cujo objetivo principal é obter uma melhor compreensão da agricultura local e dos sistemas de produção de produtos naturais, inseridos nas economias rurais desfavorecidas de cada país, bem como, a identificação de áreas para produção sustentável de bioenergia com base no potencial dos serviços agroecológicos e do ecossistema nos espaços rurais marginais.

Segundo a pesquisadora Déa Vidal, o paralelismo entre o modo de vida camponês do Sertão do Ceará nordestino e das populações rurais do Deserto do Kalahari, em Botswana, na África, permite a visualização da convergência estabelecida entre essas duas áreas desfavorecidas do planeta. No projeto, serão enfocados os sistemas de conhecimento regional (endógeno) dos produtos florestais não-madeireiros economicamente utilizados e suas interações com outras atividades desenvolvidas por comunidades rurais em seus respectivos contextos sociais. Entretanto, reforça a professora Déa, que o foco maior dessa colaboração reside na busca de melhorias das estratégias que podem ser adaptadas à subsistência alimentar de comunidades que habitam geograficamente áreas desfavorecidas dos dois países.

Os três professores da Uece, que seguem no dia 17 de agosto, para o Deserto do Kalahari, em Botswana, na África, permanecem naquele continente até 30 de agosto. Integram a delegação da Uece: Prof.Dr.Luiz Cruz Lima do Programa de Pós-Graduação em Geografia, o Prof.Dr. Rui Carlos Barros da Silva do Mestrado Acadêmico em Ciências Físicas Aplicadas e a Profa. Dra. Déa de Lima Vidal, Coordenadora do Projeto e Membro do Mestrado Acadêmico em Logística e Pesquisa Operacional da UFC. Quatro pesquisadores da University of Botswana participam do projeto, sendo que dois deles, Mogodisheng Sekhwela, Diretor de Pesquisa e Kebadire Mogotsi compõem o quadro de professores doutores do College of Agriculture no Campus de Gaborone e são especialistas em Ecologia e Fisiologia Vegetal respectivamente. Os outros dois, Barbara Ngwenya e Donald Kgathi, integram o Centro de Investigação Okavango do Campus de Maun e trabalham respectivamente com Antropologia Cultural e Economia do Desenvolvimento.

Estudos apontam que a problemática da desertificação atingiu a partir de 2010 sua máxima importância tal como vinha sendo previsto pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO-ONU). Já em 2000, os prováveis impactos negativos das alterações climáticas levaram estudiosos a reconhecer a escassez de alimentos nas regiões onde se insere o projeto Proafrica. Portanto, o referido projeto a ser desenvolvido entre essas universidades vai identificar, discutir e elaborar, no âmbito de áreas comuns, um trabalho colaborativo inter e multidisciplinar que materializará ações conjuntas de pesquisa nos dois países.

Fonte / Contato: Profa. Déa Vidal, (85) 3101-9932 / (85) 3101-9850

 

26.07.2011

Assessoria de Imprensa da Uece

Fátima Serpa (85 3101.9605)