Mutirão de ortopedia realiza seis cirurgias de quadris no HGF

29 de julho de 2011

 O Hospital Geral de Fortaleza (HGF) inicia às 7 horas deste sábado, 30 de julho, o mutirão de cirurgia de quadril que passa a ser realizado no último sábado de cada mês. No primeiro dia do mutirão, receberão próteses de cerâmica seis pacientes com artrose, selecionados da fila de cerca de 3 mil pessoas que aguardam a cirurgia. Tudo custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na rede particular, o mesmo procedimento não sai por menos de R$ 30 mil – somente com a prótese, o custo para o paciente chega a R$ 20 mil.

 

A artrose, mal que acomete a maioria dos pacientes que aguardam a cirurgia, é a degeneração progressiva dos tecidos que compõem as articulações. Provoca dor, deformação e a limitação dos movimentos. A artroplastia primária do quadril é a indicação cirúrgica para o implante de articulação artificial. Na rotina, o HGF realiza quatro cirurgias por semana.

 

Os seis pacientes que se submeterão à cirurgia durante o mutirão se internam no HGF na sexta-feira. Serão quatro equipes, operando simultaneamente em quatro salas cirúrgicas. A prótese de cerâmica que que serão implantadas têm maior durabilidade e permitem recuperação rápida. Os pacientes receberão alta já no domingo, 31 de julho.

 

 

 

29.07.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)