Restauração de trecho da CE-060 beneficia Sertão Central

4 de agosto de 2011

Os usuários da rodovia CE-060, uma das melhores alternativas para acesso aos municípios do Sertão Central, estão mais seguros com a melhoria das condições desta rodovia. Estão em fase de conclusão os serviços de restauração da rodovia CE-060, no trecho até o entrocamento com a CE-456, no município de Quixadá, numa extensão de 13,6 km. A obra está prevista para ficar pronta até setembro próximo. O investimento do Governo do Estado na obra é de cerca de R$ 4,6 milhões. O trecho faz parte da jurisdição do 2.º Distrito Operacional do Departamento Estadual de Rodovias (DER), órgão vinculado à Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra).

Conforme explicou o engenheiro José Ademir Monteiro, gerente daquele Distrito Operacional  sediado em Aracoiaba, o trecho já está 90% concluído. “Os serviços feitos compreendem a colocação de um novo revestimento asfáltico, dando maior durabilidade à estrada, promovendo melhores condições de utilização da rodovia seja por veículos pequenos ou pesados”, explicou. Os trabalhos estão sendo realizados por cerca de 80 homens e a utilização de máquinas pesadas como rolos  
compactadores de asfalto.

Outra rodovia que vem recebendo melhorias no  2.º  D.O é a CE-359, entre os municípios de Aracoiaba e Baturité, um dos principais troncos rodoviários de acesso aos municípios da região do Maciço do Baturité. O trecho recebe microrrevestimento asfáltico de forma a deixá-la em boas condições de tráfego. O investimento do Estado é de R$ 1,4 milhão. Os dois serviços são executados com recursos do Programa de Restauração das Estradas do Ceará (ProEstradas 2011), que disponibilizou R$ 84,5 milhões do programa.

O ProEstradas 2011 compreende três etapas: a primeira etapa recebeu recursos da ordem de R$ 10,8 milhões e é destinada à manutenção da trafegabilidade, constando de operação tapa-buraco, roço mecanizado e pinturas. O segundo momento é voltado para a recuperação da rede viária, com serviços mais complexos, como drenagens, recapeamentos e reconstrução de trechos maiores. Para esta fase, serão aplicados R$ 73,7 milhões.  A terceira etapa, esta sem nenhum erário para os cofres estaduais, refere-se à correção de 13 trechos rodoviários concluídos  
há alguns meses e que sofreram algum tipo de dano.

 

04.08.2011

Assessoria de Comunicação da Seinfra
Marcos Cavalcante/Luiz Guedes (85)3216.3763/65 / marcos.cavalcante@seinfra.ce.gov.br)
@seinfrace