Indústria de confecções expande negócios no Ceará

5 de agosto de 2011

A Malwee, maior empresa de confecções do Brasil, vive momento de expansão no Ceará. Instalada em Pacajus, desde agosto de 2010, a empresa catarinense está investindo R$ 15 milhões na construção de uma nova fábrica no Município, que deverá iniciar suas operações em 2013.

 

De acordo com o presidente do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Cede), Ivan Bezerra, já existem seis empresas têxteis catarinenses instaladas no Ceará. “Concluído o novo empreendimento, o Estado se tornará o segundo maior pólo têxtil do Brasil”, comemora Bezerra.

 

Segundo ele, o atual galpão da Malwee emprega 600 funcionários e a nova unidade, que funcionará às margens da BR – 116, disponibilizará 3 mil novas oportunidades de emprego. “Serão mais cearenses inclusos no mercado de trabalho formal”, diz o presidente. A empresa conta hoje com 7.500 funcionários nas suas fábricas espalhadas por todo o Brasil. O parque fabril de Pacajus trabalha exclusivamente com o setor de costura e iniciou suas atividades com 80 funcionários diretos.

05.08.2011

 

Assessoria de Comunicação do Cede

Jully Gomes (85) 9924.6127