Governo discute ações para combater a miséria no Ceará

9 de agosto de 2011

As secretarias estaduais do Desenvolvimento Agrário (SDA) e do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) realizam nesta quarta-feira (10) um encontro onde será discutido o Plano Nacional de superação da extrema pobreza, o Brasil Sem Miséria. O encontro acontece a partir das 08h30, no Hotel Oásis Atlântico, e contará com a presença da secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca.

O objetivo é mostrar as ações que irão mudar a vida de 16,2 milhões de pessoas. No Ceará, são mais de 1,5 milhão de pessoas que vivem na extrema pobreza, a metade está na zona rural. Para mudar este quadro, no Ceará, o Governo Federal investirá R$ 3,5 milhões em assistência técnica, treinamento e distribuição de sementes de qualidade aos pequenos produtores. Além disso, construirá 145 mil cisternas de placas, para amenizar os efeitos da seca.

O Brasil Sem Miséria atua ainda na área de saúde, com a construção de 134 unidades de atendimento básico no estado, as chamadas UBSs, ampliação da transferência de renda com o Bolsa Família e melhoria do acesso aos serviços públicos. A preocupação do Governo Federal é encontrar as pessoas pobres e incluí-las nos programas sociais.

Para o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, “será uma oportunidade para ampliar as políticas públicas no estado, de largo alcance social”, destacou. Fortaleza é a quarta cidade do País em número de pessoas extremamente pobres. São 134 mil pessoas. Outras cidades cearenses estão entre 50 municípios brasileiros com maior número de pessoas extremamente pobres:

Caucaia___________ 33.897
Itapipoca__________ 33.501
Granja____________ 25.002
Juazeiro do Norte___ 24.099

Serviço

Evento: Discussão do Plano Brasil sem Miséria no Ceará
Coletiva com a secretária Ana Fonseca e o secretário Nelson Martins
Data: 10 de agosto 2011
Horário: às 08h30
Local: Hotel Oásis Atlântico – Av. Beira-Mar, 2.500 – Meireles – Fortaleza – CE

 

09.08.2011

Assessoria de Imprensa da SDA com Ministário do Desenvolvimento Agrário

Munique Freitas (85 3101.8105)

Flávio Figueiredo (61 3433.102)