Cid Gomes apresenta ações e projetos estruturantes executados pelo Governo

16 de agosto de 2011

O governador Cid Gomes apresentou na manhã desta terça-feira (16) os projetos estruturantes do Governo do Estado na sede da Justiça Federal. O momento foi considerado histórico pela Justiça Federal por ser a primeira vez que o Chefe do Poder Executivo do Estado apresenta projetos e ações em execução naquela esfera de Poder. Durante a apresentação, Cid pode explicar e tirar as dúvidas dos magistrados em relação a cada um dos projetos estruturantes.

 

O juiz federal, diretor do Fórum da Justiça Federal, Leonardo Martins, fez a abertura dos trabalhos e destacou o novo momento vivenciado pela Justiça. “A Justiça tinha a tendência a se isolar. A forma de pensar sua capacidade de julgamento, diante dos desafios, passou a exigir uma postura diferenciada, mais próxima da sociedade”, definiu o Juiz.

 

Logo no início da apresentação, Cid Gomes ressaltou o empenho do Governo do Estado em investir na educação, como o Programa Alfabetização da Idade Certa (Paic), as escolas profissionalizantes e o aumento no número de vagas no Ensino Superior e Tecnológico. Na área da saúde, Cid enfatizou o empenho do Governo em dotar o Ceará com a maior e melhor rede de saúde pública no País até o fim de 2012. Para isso, citou o Governador, estão sendo construídos os hospitais regionais, 32 Unidades de Pronto Atendimento, 16 Centros de Especialidades Odontológicas, 21 policlínicas, além da universalização do Samu.

Cid enfatizou que as ações desenvolvidas devem dotar o Ceará de melhores condições nas áreas da saúde, educação e geração de emprego e renda. “Me considero um social democrata, porque acredito no poder público como um ente forte, com capacidade de investir, de construir e assim amenizar e mudar a realidade da sociedade, principalmente para diminuir com a desigualdades sociais”, ressaltou.

 

 

Durante a apresentação Cid destacou pontos da construção da Transnordestina, Cinturão das Águas e Eixão, Cinturão Digital, nova Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), Saneamento e Habitação, Castelão, projetos de Mobilidade Urbana, investimentos no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e construção do Centro de Eventos do Ceará (CEC) e Acquario.

 

Transnordestina: A ferrovia é uma obra do Governo Federal que ligará os principais portos do Nordeste – Pecém (CE) e Suape (PE) – ao cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins. Para o Governador a obra não é só um vetor de escoamento de produção, mas também de interiorização. “O foco do Governo do Estado é atrair pontos de produção aproveitando a Infraestrutura da Transnordestina”, destacou. Para isso o Governo Estadual, responsável pelas desapropriações, em pontos estratégicos por onde passará a Transnordestina está desapropriando áreas maiores para que seja possível a instalação de polos industriais. “Isso deve gerar mais emprego e consequentemente mais renda para o Ceará”, explicou.

 

Cinturão das Águas do Ceará e Eixão das Águas: O primeiro é sistema de canais, construído pelo Governo do Estado, que permitirá a adução das águas transpostas do Rio São Francisco para a maioria do território cearense, inclusive para as regiões mais secas do Estado. Dividido em dois trechos, Cid Gomes destacou que o Cinturão será construído sempre pró-gravidade o que vai “baratear o uso da água”. O projeto, que deve ser contemplado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, deve ter seu primeiro trecho concluído até o o final de 2014. “Esse projeto terá efeito em todas as bacias do Ceará”, ressaltou. Já o Eixão das Águas, que constitui um complexo de estação de bombeamento, canais, sifões, adutoras e túneis, que realizam a transposição das águas do Açude Castanhão para reforçar o abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza e do Complexo Portuário e Industrial do Pecém (CIPP), deverá ter o Trecho IV – que liga o Açude Pacajus ao Açude Gavião – e o Trecho V – que interliga o Açude Gavião ao Complexo Industrial do Porto do Pecém, concluído até o primeiro semestre de 2012.

 

Cinturão Digital: São 2.500 quilômetros de fibra ótica que vai levar internet banda larga para todos os municípios com concentração de 88% de população urbana. Segundo lembrou o Governador, o projeto já está sendo utilizado pelo Governo do Estado e o objetivo é “ofertar de graça para todos os equipamentos públicos do Ceará. No CDC o Estado investiu R$ 65 milhões e até o final deste ano será inaugurado.

 

Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops): Uma unidade já foi inaugurada na Região Norte do Estado, e outra deverá ser construída em Fortaleza para centralizar todas as informações ligadas aos órgãos de segurança pública.

 

Saneamento e Habitação: Na apresentação, Cid destacou o Projeto Rio Maranguapinho, considerada a maior intervenção urbana já realizada no Estado. O Projeto beneficiará mais de 350 mil pessoas que vivem nos municípios de Fortaleza, Maranguape e Maracanaú, locais que ficam ao longo da bacia do rio. Ele conta com ações de construção de uma barragem, para conter as cheias do rio e que vai eliminar 51 áreas de risco da Região Metropolitana. Também estão sendo realizadas ações de recuperação da faixa do Rio, urbanização, saneamento das das áreas mitiliformes e realocação de famílias. Também foi citada a recuperação nas áreas no entorno do Rio Cocó e da Comunidade do Dendê, em Fortaleza.

 

Castelão: O projeto de readequação do Estádio para a Copa de 2014 está sendo realizado através de Parceria Público Privada (PPP). Como ressaltou Cid Gomes, a obra é um referência para o Brasil, já que tem o menor custo por assento e será a única arena do Nordeste apta a receber uma partida de semifinal do Norte e Nordeste por ter capacidade superior a 60 mil lugares.. “Foi uma economia de R$ 200 milhões entre a maior e a menor proposta”, lembrou.

 

Mobilidade Urbana: sobre ações para essa área Cid falou sobre a implantação das linhas que compõem o Metrô de Fortaleza – Linha Oeste, que liga Caucaia ao Centro de Fortaleza e passa por melhorias nos 19,5 quilômetros. Linha Sul, que vai ligar Pacatuba ao centro de Fortaleza ao longo de 24 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,8 km subterrâneo e 2,2 km em elevado. Linha Leste – em fase de projeto, a linha vai ligar o Centro de Fortaleza, até a Unifor passando pela Santos Dumont e Cidade 2000. Ramal Parangaba-Mucuripe, vai ser operado com veículos leves sobre trilhos (VLT) e fará a conexão ferroviária de 12,7 quilômetros entre a Estação Parangaba e o Porto do Mucuripe. Cid também falou dos projetos já implantados no Cariri e no município de Sobral, no Norte do Estado.

 

Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP): O governador destacou a infraestrutura do Complexo, que além do Terminal Portuário, deve abrigar uma Termoelétrica, Siderúrgica, Zona de Processamento de Exportação, Refinaria, Zona Industrial, Correia Transportadora. A utilização de energia renováveis e que tornarão o Estado não só um consumidor, mas também exportador de energia. “Só com a implantação dos parques de Energia Eólica o Ceará será exportador de energia até 2012. Com a implantação da Termoelétrica, que em 2012 começa a operar em fase de testes, o vamos gerar excedente em energia”, explicou.

 

Centro de Eventos do Ceará (CEC) e Acquario Ceará: Segundo o Governador, esses dois projetos devem potencializar uma vocação do Ceará que é o Turismo. “O CEC deve atrair o turismo de negócios que deve melhorar a ocupação na baixa estação, já o segundo deve consolidar o Estado com um destino turístico para famílias, além de incentivar a pesquisa científica”, analisou Cid. O Centro de Eventos do Ceará (CEC) será a o segundo maior espaço de exposição do País e o mais moderno”, completou.

 

O Governador finalizou a apresentação destacando que o Ceará, pela primeira vez na história, ficou na primeira colocação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) se comparado as Regiões do Norte e Nordeste do Estado. “Na área da saúde a meta é que o Ceará tenha a melhor rede pública de todo o país. E por dois anos – 2009 e 2010 – foi o quarto estado com maior investimento público”, comemorou.

 

O final do encontro foi marcado pelos agradecimentos dos presentes. “O governador Cid Gomes é o exemplo de é possível fazer tudo quando se tem vontade”, finalizou a Procuradora Geral de Justiça, Socorro França.

16.08.2011

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)