Funcionamento da emergência do HRC será discutido nesta quarta-feira (17)

16 de agosto de 2011

Nesta quarta-feira, 17, às 8 horas, o secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, reúne no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, secretários municipais de saúde, diretores de hospitais municipais e de hospitais polos dos municípios das cinco Coordenadorias Microrregionais de Saúde que compõem a macrorregião. Objetivo: informar e discutir o fluxo de pacientes a serem atendidos na emergência do HRC. Com foco em trauma, a emergência do hospital atenderá pacientes agendados e transportados pelos 44 municípios da macrorregião do Cariri, exclusivamente para assistência de alto risco.

 

Na próxima segunda-feira, 22 de agosto, fica concluído o cronograma de funcionamento do Hospital Regional do Cariri, com a inauguração da urgência e emergência do HRC. Logo pela manhã o setor começa a funcionar em três turnos de 8 horas, cada um com 12 médicos – dois traumato-ortopedistas, dois clínicos gerais, dois cirurgiões gerais, dois anestesistas, cirur-giões plástico, vascular e bucomaxilofacial – e sete enfermeiros. É a maior emergência pública do interior do Estado, com 49 leitos, sala de ressuscitação e sala de observação, além de suporte de ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, Raio X, laboratório, endoscopia e fisioterapia. A nova emergência já inicia o funcionamento com classificação de risco para organizar e facilitar o fluxo de pacientes.

 

Construído pelo governo do Estado, o Hospital Regional do Cariri iniciou o atendimento no dia 23 de junho deste ano, com serviços pré-cirúrgico, ultrassonografias e exames laboratoriais. Cumprindo o cronograma de funcionamento, logo em seguida passou a realizar tomografias e ressonâncias magnéticas, exames modernos que na rede pública eram realizados somente na capital. Em 29 de junho foram realizadas as primeiras sessões de hemodiálise no HRC. As primeiras cirurgias foram realizadas em 27 de julho. A torre de internação funciona com 174 leitos. Com um total 294 leitos, incluindo as UTIs, o HRC, um investimento de R$ 105 milhões em obras e equipamentos, é o primeiro hospital construído pelo governo do Estado no interior do Ceará.

 

16.08.2011

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira – 85 3101.5220