Ceará é o primeiro estado a receber a Caravana Direitos Humanos

17 de agosto de 2011

A primeira edição da Caravana Direitos Humanos pelo Brasil acontece no Ceará. A abertura dos trabalhos acontece nesta quinta-feira (18), às 10 horas, no auditório do Palácio da Abolição, com a presença do governador Cid Gomes e da ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário. Serão realizadas atividades como seminários, palestras, oficinas e audiências públicas sobre questões ligadas aos Direitos Humanos. As ações são voltadas para a comunidade, entidades ligadas ao tema, ONGs, profissionais da área e gestores públicos.

Nesta primeira etapa do projeto, estão previstas atividades em pelo menos uma capital das cinco regiões do País (Norte, Nordeste, Sul, Centro-Oeste e Sudeste).  O objetivo dessa iniciativa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), que deve percorrer todos os estados brasileiros, é criar um canal de interação direta com a sociedade, articulando ações conjuntas com os poderes legislativo e judiciário, além de estabelecer parcerias para a promoção e defesa dos Direitos Humanos com movimentos sociais e os governos estaduais e municipais.

A caravana consiste no deslocamento de setores da SDH/PR para desenvolver atividades em determinadas regiões do Brasil. No decorrer do projeto, representantes de todas as áreas temáticas tratadas pela SDH/PR percorrerão o país para identificar as principais violações de direitos e atuar para combatê-las.

 

Serviço

Evento: Lançamento da Caravana Direitos Humanos pelo Brasil
Data: Quinta-feira, 18 de agosto de 2011
Horário: 10 horas

Endereço: Palácio da Abolição – Av. Barão de Studart, 505 – Meireles – Fortaleza (CE)

 

17.08.2011

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado com informações da Assessoria de Comunicação Social da SDH/PR

 

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)

Twitter: @GovernoDoCeara

 

Direitos Humanos (61 2025.7941 – 2025.3732 – 9807.9627 / www.direitoshumanos.gov.br)

Twitter: @DHumanosBrasil