Mais de oito mil empregos foram gerados em agosto

14 de setembro de 2011

O Ceará registrou a criação de 8.005 empregos formais, em agosto. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Ministério do trabalho e Emprego (MTE), e apontam uma elevação equivalente a 0,75%, em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

O desempenho foi proveniente da expansão do emprego, principalmente nos setores de serviços (2.222), comércio (1.699), indústria de transformação (1.524) e agropecuária (1.413). Dentre os subsetores, destacam-se o comércio varejista (1.349), a indústria de calçados (779) e os serviços de alojamento e alimentação (658).

“Considerando as contratações que já iniciaram, em virtude da expansão de novos empreendimentos ou de temporários para a alta estação de dezembro, devemos esperar um aumento de postos de trabalho, principalmente nos setores de comércio e serviços,” destaca o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Francisco de Assis Diniz.

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos primeiros oito meses do ano, houve acréscimo de 39.215 postos e, nos últimos doze meses, verificou-se crescimento de 6,46% no nível de emprego ou 65.279 postos de trabalho.

14.09.2011

Assessoria de Comunicação do IDT
Ana Clara Braga (anaclara@idt.org.br / 85 3101.5500)