Obra do estádio Castelão ultrapassa 40% de execução

21 de setembro de 2011

As obras de reforma, modernização e ampliação do estádio Plácido Aderaldo Castelo (Castelão), chega a 40,44% de execução. De acordo com o último relatório elaborado pelo Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, a previsão é chegar ao fim deste mês de setembro com 43% de toda a obra concluída.

 

No total, mais de 800 operários seguem trabalhando com todas as etapas em execução. Com a primeira etapa concluída desde o dia 20 de agosto, a Etapa II, composta pela segunda parte do estacionamento coberto, segue com 45,42% de execução e previsão de conclusão para novembro deste ano. A Etapa III chega a 31,20%, com a reciclagem dos resíduos e as fundações do prédio que dará origem ao Edifício Central, entre outras ações. A Etapa IV, composta pela conclusão, disponibilização e início da operação da totalidade do Estádio, segue com 7,28% com a execução do rebaixamento do gramado e as fundações e pilares de parte do estacionamento.

 

A expectativa é de que o Castelão chegue ao final de 2011 com 50% de execução e seja concluído e entregue à FIFA a tempo de participar da Copa das Confederações. Segundo informações do consórcio construtor, a obra segue a todo vapor com cerca de dois meses de adiantamento.

 

Histórico

As obras para a reforma, ampliação e adequação do estádio Castelão iniciaram no dia 13 de dezembro de 2010, data em que o Governador assinou a Ordem de Serviço e o contrato com o BNDES. No total, serão investidos recursos no valor de R$ 518.606 milhões, que incluem todas as intervenções internas e externas (característica inédita na construção dos estádios da Copa no  Brasil), a construção do novo prédio da Secretaria do Esporte (Sesporte) e a operação do estádio por oito anos.

 

Detalhes do projeto

Entre os principais pontos do projeto está a aproximação da área que separa o acesso dos torcedores sentados nas cadeiras inferiores do gramado. Com a reforma, essa distância cairá dos atuais 40 para 10 metros. Também serão realizadas mudanças nas cabines de imprensa, camarotes, vestiários, túneis de acesso ao campo, e nas cadeiras do estádio, que serão retráteis, entre outros pontos. Além disso, o estádio contará com um novo estacionamento para 1900 veículos.

 

Outro destaque é a coberta que protegerá 100% dos torcedores de sol e chuva e irá ajudar substancialmente a qualidade da imagem das transmissões televisivas. Além disso, serão construídos um restaurante, mídia center, área de hospitalidade, lounge e área VIP. Todas as mudanças atendem às exigências do caderno de encargos da FIFA.

 

Informações

• Com a reforma, o estádio Castelão será a maior arena esportiva do Nordeste e terá capacidade para 67.037 espectadores, sendo o único da Região apto para receber uma semifinal.

• Valor da obra de reforma, ampliação, modernização e operação por oito anos (96 meses): R$ 518.606.000,00 (quinhentos e dezoito milhões, seiscentos e seis mil reais).

• Valor do contrato com o BNDES: R$ 351.545.150,00 (trezentos e cinquenta e um milhões, quinhentos e quarenta e cinco mil, cento e cinquenta reais).

• Com um concorrido processo licitatório, no qual participaram quatro consórcios e uma empresa, o Governo do Estado conseguiu uma economia de R$ 99 milhões da proposta do edital para a da vencedora.

• O projeto já garantiu em seu edital todo o caderno de encargos exigido pela FIFA, incluindo as obras que serão feitas na parte externa do estádio e a aquisição de todos os equipamentos que serão  
necessários.

 

Etapas da Obra

ETAPA I – 100% de execução

Edifício-sede da Secretaria do Esporte do Estado e primeira etapa do Estacionamento Coberto 1;

ETAPA II – 45,42% de execução

Segunda etapa do Estacionamento Coberto 2;

ETAPA III – 31,20%

Edifício Central;

ETAPA IV – 7,28%

Conclusão, disponibilização e início da operação da totalidade do Estádio.

 

21.09.2011


Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial da Copa 2014

Lisiane Linhares (85 3295.1927 | imprensa@secopa.ce.gov.br)