Hospital de Messejana realiza dois transplantes em um único dia

28 de setembro de 2011

As equipes dos transplantes de pulmão e coração do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes comemoram o sucesso de dois procedimentos realizados na última terça-feira (27). Há cerca de dois meses, o Sr. Manuel Alvez da Cruz, 53, portador de doença de Chagas, aguardava a doação de um coração. A longa espera terminou junto com o sofrimento de outro paciente portador de insuficiência respiratória, Edilardo de Moraes, 46, que ganhou novo pulmão.

 

Edilardo sofria de fibrose pulmonar grave e há quatro meses dependia de aparelho de oxigênio para viver. “A insuficiência respiratória é uma das causas mais comuns de indicação para o transplante de pulmão. Edilardo já sofria com a doença há quatro anos e o transplante era a última alternativa de salvação para ele”, revelou Antero Gomes Neto, coordenador da Equipe de Transplante de Pulmão do HM. Foi o segundo procedimento deste tipo realizado no Hospital de Messejana.

 

O coração do Manuel Alvez da Cruz aumentou de tamanho por conta da doença de Chagas, que causou uma grave insuficiência cardíaca no paciente. O médico Juan Mejia, cirurgião responsável pelo transplante, explicou que a cirurgia foi realizada a tempo e com sucesso. “O paciente está se recuperando bem e acreditamos que agora ele terá nova vida”. Com este último procedimento, o Hospital de Messejana já soma 18 transplantes cardíacos em 2011.

 

28.09.2011

Assessoria de Imprensa do Hospital de Messejana

Stella Magalhães (85 3101.4092 – 9998.7464)