Educação Médica Permanente é tema de Seminário promovido pela ESP-CE

14 de outubro de 2011

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), através da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE), realiza entre os dias 17 e 18 de outubro de 2011 o I Seminário Estadual de Educação Médica Permanente do Ceará. O evento reunirá gestores da saúde, instituições de ensino superior, coordenadores e supervisores de programas de residência médica e organizações representativas da categoria com o objetivo de discutir um programa de educação permanente para os médicos que atuam na rede de saúde do Estado.

O Seminário tem como objetivos específicos expandir programas de Residência Médica de forma ordenada, gradativa e permanente, de acordo com as necessidades da rede estadual de serviços de saúde e da população; discutir as propostas de implantação de programas de pós-graduação lato sensu nas modalidades: Residência Médica, Especializações e Aperfeiçoamento na área médica; identificar regiões, municípios e atores chaves para a implementação do Programa de Educação Permanente; apresentar propostas para a qualificação da docência médica em serviço; discutir projetos de incentivo à docência em serviço; divulgar o processo seletivo unificado para a Residência Médica no Estado do Ceará; e discutir a produção científica dos programas de Residência Médica e outros programas de pós-graduação lato sensu.

“O Seminário vai discutir os problemas de carência do profissional médico, a questão da especialização e a fixação destes profissionais em áreas mais vulneráveis ou remotas, onde o contingente de médicos para atender a população é insuficiente. Além destas questões, debatermos acerca da ampliação do número de vagas de Residência Médica no Ceará”, afirmou a superintendente da ESP-CE, Ivana Barreto. No primeiro dia, a anfitriã coordenará a mesa-redonda onde será debatido o Sistema Único de Saúde (SUS) e o profissional médico, com assuntos relacionados às pós-graduações, o mercado de trabalho, provimento e fixação em áreas remotas. Participarão desta discussão o representante Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado da Universidade Federal de Minas Gerais, Sábado Nicolau Girardi, e o secretário da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGETS), Milton Arruda, que falarão sobre temas específicos. A segunda mesa-redonda terá como tema a Rede Estadual de Saúde Escola.

 

O processo seletivo unificado para Residência Médica e a Institucionalização da Preceptoria serão os principais temas a serem discutidos no segundo dia do Seminário. Na ocasião, os representantes das instituições participantes do processo darão os seus pronunciamentos. O I Seminário Estadual de Educação Médica Permanente do Ceará se encerrará com a realização de quatro oficinas. A ESP-CE tem como parceiros na realização do evento o Ministério da Saúde, o Ministério da Educação, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade Estadual do Ceará (Uece), a Secretaria da Saúde do Ceará e a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag).

 

Serviço:

Evento: I Seminário Estadual de Educação Médica Permanente do Ceará
Data: 17 e 18 de outubro de 2011
Local: Escola de Saúde Pública do Ceará (Auditório Ciro Gomes)
Endereço: Avenida Antônio Justa, nº 3161. Meireles.
Informações: (85) 3101 1424

 

14.10.2011

Assessoria de Comunicação da ESP-CE

Marcos Saudade / Jair Melo (85 3101.1412 – 3101.1400)

Twitter: twitter.com/espce