Governador e secretários avaliam andamento do MAPP 2011

14 de outubro de 2011

O governador Cid Gomes se reuniu nesta quinta-feira (13), no Palácio da Abolição,  com todo o secretariado e diretores de órgãos vinculados do Estado para avaliação do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP). No encontro, que se estenderá durante toda esta sexta-feira (14), ficaram definidas algumas inaugurações  de obras do Governo que acontecerão  até o fim deste ano e a definição do cronograma de pagamento das obras. Essa foi a terceira reunião de avaliação de MAPP neste ano.

 

Entre as inaugurações agendadas para este ano estão as primeira e segunda etapas do Estádio Castelão para o dia 11 de novembro, dia que a arena completará 38 anos; o trecho 4 do Eixão das Águas – obras que dará segurança hídrica para a Região Metropolitana de Fortaleza -, marcada para o dia 3 de novembro; o Residencial Juraci Magalhães, no Canindezinho, e que retirará 336 famílias das áreas de risco, agendada para o próximo dia 18; o açude Jenipapeiro, no dia 12 de novembro; entrega de tratores e dstribuição de sementes, no dia 2 de dezembro; e ainda a inauguração de oito Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), quatro em Fortaleza e quatro no Interior, até o fim deste ano.

 

A reunião prosseguirá nesta sexta-feira (14),  às  9 horas,  na Sala de Reunião, do Palácio da Abolição.

 

Castelão

 

A primeira e segunda etapas das obras de ampliação, modernização e adequação do Estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão, compreendem as instalações da nova Secretaria de Esporte do Estado e do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), um auditório e 1000 vagas do estacionamento (ao todo serão mais de 1.900).

 

Até o momento, mais de 700 colaboradores trabalham a todo vapor, em três turnos durante a semana, aos sábados e eventualmente aos domingos, para cumprir o cronograma de execução da obra, que ainda abrange outras três etapas. Atualmente, todas as fases estão em andamento.

 

O terceiro estágio da obra será o futuro Edifício Central, onde funcionará todo o sistema de inteligência, com áreas vips, mídia center, monitoramento, vestiários, entre outros. Na quarta e última etapa, será concluído o restante da parte interna e a integração de todo o projeto.

 

De acordo com o Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, a previsão é que 50% da obra seja concluída em dezembro deste ano. A certeza se deve graças a um rígido controle realizado por um software. Através dele, é possível prever atrasos e apontar soluções com antecedência. Atualmente, o Castelão está com 43,37% das obras concluídas.

 

Residencial Juraci Magalhães

 

O residencial e constituído de 336 unidades habitacionais e está localizado no bairro Canindezinho, em Fortaleza. Serão atendidas famílias de áreas de risco das margens do rio Maranguapinho no bairro Jardim Fluminense e adjacências. Foram investidos cerca de R$ 11 milhões. O conjunto habitacional é composto por 28 blocos de três andares. Cada piso possui quatro unidades habitacionais. Também fazem parte do residencial três praças com playground, duas ruas pavimentadas, rede de abastecimento de água, rede coletora de esgoto, rede elétrica nos apartamentos e rede de iluminação pública. Cada apartamento tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

 

Eixão IV

 

O trecho IV do Eixão das Águas representa a garantia de abastecimento de água tratada, por mais de mais de 30 anos, à população estimada de mais de três milhões de habitantes dos 14 municípios que fazem a Região Metropolitana de Fortaleza. São investimentos totais da ordem de R$ 195,1 milhões – com participação do Governo Federal, através do PAC, com cerca de R$ 148 milhões, e os restantes R$ 47 milhões, na forma de contrapatida, do Governo do Estado.

 

Em seu percurso de 33.8 km de extensão, o Trecho IV dará vazão às águas transferidas da Barragem Castanhão, no Vale do Jaguaribe, complementando o Eixão das Águas (o maior eixo de transferência de águas por gravidade), passa pelos municípios de Pacajus, Cascavel, Horizonte, Itaitinga e Pacatuba onde se situa o complexo de reservatórios composto pelos açudes Pacajus, Riachão, Pacoti e Gavião. Neste último situa-se a ETA-Estação de Tratamento de Água, responsável pelo abastecimento de água tratada aos moradores da Região Metropolitana de Fortaleza.

 

Açude Jenipapeiro

 

Pelo menos 15 mil pessoas dos municípios de Umari e Baixio, região centro-sul do Estado, deverão ser beneficiadas com o abastecimento de água a partir da conclusão do Açude Jenipapeiro, que terá capacidade para armazenar 43,4 milhões de metros cúbicos de água. O financiamento do Banco  Mundial representa investimentos totais em torno de R$ 7,5 milhões, onde o Governo do Estado participa com gastos de desapropriações da bacia
hidráulica do reservatório.

 

13.10.2011

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)